Hamilton vence GP do Japão e tem uma mão no título

Lewis Hamilton (Lusa)
Lewis Hamilton (Lusa)

Lewis Hamilton dominou o GP do Japão de Fórmula 1 e alcançou a sua quarta vitória consecutiva na temporada para ficar mais perto de alcançar o seu quinto título de campeão.

O campeão do mundo ficou com uma vantagem de 67 pontos sobre Sebastian Vettel após a 17.ª prova da temporada - o que significa que se fizer mais oito pontos do que o alemão da Ferrari no seguinte GP dos EUA revalida o título,

O piloto da Mercedes liderou a corrida de inicio a fim na frente do seu companheiro de equipa Valtteri Bottas, que resistiu no final da corrida ao ataque de Max Verstappen (Red Bull) que acabou na terceira posição.

Na largada, Hamilton que saiu da pole position assumiu rapidamente o comando na frente de Bottas para se começar a distanciar. Verstappen e Kimi Räikkönen (Ferrari) lutavam pela terceira posição, enquanto Vettel que saiu do oitavo lugar da grelha saltava para a quinta posição.

Ainda na primeira volta, Verstappen cometeu um erro na chicane e sai ligeiramente de pista e no regresso vai para cima de Raikkonen, uma manobra que acabaria por custar ao piloto da Red Bull uma penalização de cinco segundos.

Na terceira volta o Safety Car foi obrigado a entrar em pista para que fosse possível proceder à limpeza dos destroços deixados pelo incidente entre Kevin Magnussen (Haas) e Charles Leclerc (Sauber).

O Safety car saiu de pista no final da sétima volta com Hamilton a disparar de imediato na frente da corrida e Bottas a conservar a segunda posição na frente de Verstappen e Vettel que era quarto.

No entanto o alemão da Ferrari tentou ultrapassar Verstappen e os dois acabaram por se tocar com Vettel a levar a pior caindo para o final do pelotão.

Com os dois Mercedes a controlarem a corrida as atenções centravam-se em Daniel Ricciardo (Red Bull) que depois de ter largado do 15.º lugar da grelha estava a realizar uma corrida sem erros e não demorou muito para se colocar chegar à quinta posição atrás de

Raikkonen, que reclamava de alguma falta de equilíbrio do seu carro após o toque de Verstappen. Kimi foi o primeiro a entrar nas boxes à passagem da volta 18 e saiu para a pista no oitavo lugar.

Já Verstappen entrou nas boxes à passagem da volta 22 para troca de pneus e cumprir a penalização de cinco segundos, acabando contudo por regressar à pista na frente de Raikkonen.

Após a troca de pneus dos primeiros Hamilton mantinha a liderança na frente de Bottas, Verstappen, Ricciardo e Raikkonen, enquanto Vettel foi recuperando lugares até alcançar a sexta posição atrás de Kimi Raikkonen.

Na parte final da corrida o abandono de Charles Leclerc (Sauber) motivou um período de safety car virtual, isto numa altura em Verstappen estava mais perto de Bottas animando a luta pela segunda posição. No entanto, o finlandês conseguiu manter-se na frente do rival e garantir assim mais uma dobradinha para a Mercedes.

Na frente da corrida, Lewis Hamilton assegurou a sua 71.ª vitória da carreira e tem agora 67 pontos de vantagem para Vettel quando faltam apenas quatro corridas para o final do campeonato

Bottas foi assim segundo repetindo o lugar do meio do pódio alcançado no último GP da Rúsia, enquanto Verstappen foi terceiro na frente de Ricciardo que acabou na quarta posição.

Kimi Raikkonen foi quinto, enquanto Vettel acabou na sexta posição, na frente de Sergio Pérez que foi sétimo. Já Romain Grosjean foi oitavo, Esteban Ocon nono e Carlos Sainz fechou o top 10 deste GP do Japão.

A próxima ronda do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 é o GP dos Estados Unidos que terá lugar a 21 de outubro.

Classificação do GP do Japão

Veja aqui o Filme da corrida.

 

Comentários

Veja mais