Sophia Floersch foi operada com sucesso

  • Redação Autoportal
Sophia Floersch (Lusa)
Sophia Floersch (Lusa)

Sophia Floersch que no domingo foi vitima de um violento acidente durante a prova de Fórmula 3 no Grande Prémio de Macau foi esta segunda-feira submetida a uma cirurgia de fusão à coluna vertebral com sucesso, segundo informou a equipa médica.

A jovem piloto alemã, de apenas 17 anos de idade, é uma das cinco pessoas que continuam hospitalizadas no Hospital São Januário em Macau, na sequência de vários acidentes que ocorreram no Grande Prémio, que decorreu entre quinta-feira e domingo, revelou a equipa médica do hospital durante uma conferência de imprensa.

A jovem piloto, que fazia a sua estreia no Grande Prémio de Macau, despistou-se na terceira das 15 voltas da prova e embateu no carro do japonês Sho Tsuboi, ultrapassando os ‘rails’ de proteção na abordagem à curva do Hotel Lisboa.

Sophia Floersch esteve no bloco operatório do Hospital São Januário a ser operada durante cerca de 11 horas. “Como a paciente é muito jovem, a operação cirúrgica foi feita com muita atenção, sendo que a operação foi bem-sucedida e os procedimentos foram favoráveis”, informou o chefe do serviço de ortopedia do hospital, Lau Wai Lit.

A jovem sofreu várias fraturas na vértebra, com compressão no sistema nervoso central, e após a operação passou nos testes de sensibilidade em todas as partes do corpo.

“Temos confiança que não vai afetar a sua mobilidade no futuro” e “acreditamos que poderá correr outra vez”, disse um dos médicos, sublinhando que o prognóstico ainda é reservado.

“Só quando estiver estável é que vai poder regressar à Alemanha. Vamos monitorizar o seu estado durante pelo menos mais duas semanas”, acrescentou o médico.

Além de Sophia Floersch encontram-se ainda mais quatro pessoas hospitalizadas: dois pilotos de motos britânicos, um comissário de pista e um fotojornalista. O comissário e o fotojornalista encontram-se em observação e deverão receber alta dentro de uma semana.

O piloto de motos que sofreu um acidente nos treinos livres da corrida de motos do Grande Prémio sofreu uma fratura na vértebra lombar e está a recuperar bem.

Durante a prova no sábado de motos do Grande Prémio de Macau, ganha pelo britânico Peter Hickman, aconteceu um despiste, envolvendo dois pilotos britânicos.

Um dos pilotos, disse a equipa médica sem especificar a sua identidade, uma sofreu uma fratura no pescoço, vértebra torácica e deslocou o ombro esquerdo. No domingo foi realizada uma cirurgia que durou cerca de sete horas, e o “estado de saúde é estável”.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais