Joaquim Rodrigues: "Foi um Dakar complicado desde o início"

  • Redação Autoportal
  • 18 jan 2019, 12:36
Joaquim Rodrigues (Hero Motosports)
Joaquim Rodrigues (Hero Motosports)

Piloto da Hero foi o melhor português na prova de motos ao terminar na 17.ª posição da geral

Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) foi o melhor piloto português na categoria de motos na 41.ª edição do Dakar que terminou com a vitória do australiano Toby Price (KTM).

O piloto português acabou a prova na 17.ª posição da geral, a 5h21m19s do vencedor.

PUB

"Para mim, foi um Dakar complicado desde o início. Passar no local onde sofri o acidente em 2018 foi uma etapa difícil de fazer. No segundo dia comecei a sofrer problemas na bomba de gasolina. Por isso, a primeira semana não foi das melhores, mas consegui trazer a mota sempre até final. Na segunda semana, as coisas começaram a melhorar, mas sofri uma pancada nas costas e nas últimas três etapas tive de abrandar o andamento. O facto de estar perto dos 10 primeiros fez-me ver que ainda tenho velocidade".

VEJA TAMBÉM:

Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS