MotoGP: Ducati quer acabar com a tensão entre Lorenzo e Dovizioso

  • Redação Autoportal
Jorge Lorenzo e Andrea Dovizioso
Jorge Lorenzo e Andrea Dovizioso

A Ducati quer colocar um ponto final na troca de palavras entre os dois pilotos da equipa e para isso vai realizar um reunião em Borgo Panigale, para acalmar os ânimos.

A guerra de palavras entre Lorenzo e Dovizioso subiu de tom em Sepang com o italiano a fazer comentários sobre o espanhol voltar a falhar uma corrida devido a lesão.

Dovizioso insinuou que Lorenzo toma este tipo de atitudes com regularidade e que a Ducati dá cobertura a esta situações. Agora Paolo Ciabatti, diretor desportivo da marca italiana admitiu em declarações ao «Motorsport.com» que a equipa vai reunir com os dois pilotos para resolver a situação e esclarecer quais são as prioridades.

“É claro que os interesses da Ducati estão sempre primeiros que os problemas pessoais entre os pilotos. Vamos estar em Milão esta semana e vamos conversar com os pilotos. Queremos evitar que situações como a de Sepang voltem a a acontecer”, sublinhou Ciabatti.

A situação de mal estar entre Dovizioso e Lorenzo não é uma  novidade para Ciabatti e para a Ducati, já que em 2016 teve de gerir um conflito idêntico entre Dovizioso e o seu parceiro nessa altura, Andrea Iannone.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais