Mário Patrão: “Saída em linha dificultou a visibilidade”

  • Redação Autoportal
Mário Patrão (KTM)
Mário Patrão (KTM)

Piloto português da KTM é o melhor luso em prova

Mário Patrão (KTM) terminou a etapa de sexta-feira do Dakar na 29.ª posição a 19m18s do vencedor, o seu companheiro de equipa Sam Sanderland.

O piloto português não escondeu que a quinta etapa foi bastante dura, mas mostrou-se feliz por ser o melhor português a meio da edição 2019 do Dakar, ocupando o 21.º lugar a 1h52m45s do líder da prova:

“A organização optou pela saída em linha o que dificultou a nossa visibilidade. A juntar isso o fesh fesh, e o pó que os pilotos provocam que a navegação fosse muito difícil. Durante grande parte da etapa tive lutar fisicamente para me manter focado, pois alguns waypoints estavam muito difíceis de alcançar e acabei por perder algum tempo.

Estamos a metade do caminho e estou muito feliz pelo meu desempenho, pois a navegação e as condições desta edição do Dakar  estão a revelar-se especialmente peculiares. Este sábado será um dia para recuperar do desgaste físico a que estamos sujeitos e preparar a etapa seguinte.”

VEJA TAMBÉM:

  • TEMAS:
  • Mário Patrão

  • KTM

  • Dakar 2019

Veja mais