F1: Rosberg acredita que Hamilton vai chegar aos sete títulos de Schumacher

  • Redação Autoportal
Nico Rosberg (Reuters)
Nico Rosberg (Reuters)

O antigo piloto alemão Nico Rosberg admitiu esta terça-feira, na Web Summit, em Lisboa, que o seu antigo companheiro de equipa Lewis Hamilton pode chegar aos sete títulos mundiais de Fórmula 1 conquistados por Michael Schumacher.

“Hamilton é um talento fenomenal. Este ano, ao ser pentacampeão, confirmou isso mesmo, e acredito que pode chegar aos sete títulos do Schumacher. Está a fazer um excelente trabalho”, reconheceu o antigo piloto da Mercedes.

O campeão mundial de Fórmula 1 de 2016, que abandonou a disciplina logo após selar o cetro, assumiu, porém, que não se tornou amigo do britânico após deixar as pistas.

“Não somos amigos, mas admito que ter vencido contra ele tem para mim um valor incrível. Sou muito grato por ter corrido contra ele, porque isso dá mais valor ao que conquistei”, disse o alemão, que terminou o Mundial de 2016 cinco pontos à frente de Hamilton.

Hoje, Rosberg é investidor, sobretudo na área da mobilidade, e confessa que fazer a mudança da vida de piloto para outra atividade tem sido um grande desafio.

“Sempre olhei para as empresas na perspetiva de investimento e pela diferença que podem fazer no mundo, especialmente no âmbito da mobilidade, e é aí que estou interessado e tenho investido. Precisei de me redefinir e arranjar um novo propósito. Tem sido um desafio, mas estou a adorar esta transição. É uma descoberta”, disse.

O piloto alemão afirmou ainda que a questão da sustentabilidade tem sido uma preocupação sua desde que abandonou os circuitos e revelou que em breve vai anunciar novidades da ‘start up’ que está a criar.

“O futuro é elétrico e é interessante estar nessa área. Em 10 anos, os carros que vamos comprar serão elétricos, por isso é importante estar desse lado”, frisou o germânico, que elegeu Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, como um dos seus ídolos pela mudança que conseguiu trazer ao mundo.

Comentários

Veja mais