Africa Eco Race: Elisabete Jacinto está mais perto da vitória

  • Redação Autoportal
Elisabete Jacinto (Africa Eco Race)
Elisabete Jacinto (Africa Eco Race)

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto, em MAN, manteve esta sexta-feira a liderança dos camiões na prova de todo-o-terreno Africa Eco Race, tendo alcançado o terceiro lugar na 10.ª etapa da competição, que ligou Amodjar e Akjoujt na Mauritania, num total de 519,86 quilómetros, dos quais 471,58 de especial cronometrada.

A equipa portuguesa, composta por Elisabete Jacinto, José Marques e Marco Cochinho, cumpriu a etapa desta sexta-feira em 7h24m33s, terminando na terceira posição entre os camiões, 14m atrás de Tomas Tomacek (Tatra) que foi o vencedor da tirada.

Um bom resultado para a equipa portuguesa num dia em que a etapa revelou bastantes armadilhas.

"Hoje foi uma verdadeira etapa Mauritana... daquelas que nos põe à prova... Longa, com muitas dunas, extremamente difícil. Tivemos alguns problemas na areia mole aqui e ali e, apesar de já não perdermos muito tempo a sair, sempre se perde tempo... quando se quer andar na frente tal não é aceitável. Enfim... ainda temos por onde evoluir. O nosso maior problema resultou do facto de, a descer uma duna, termos tido um 'encontro imediato de terceiro grau' com um grande tufo de erva que foi quase equivalente a chocar com uma rocha. Para além de termos esmurrado a frente do camião ficámos presos e tivemos que pedir ajuda à equipa do Iveco para nos puxar.No final, cada um teve os seus problemas e acabámos por ficar nos dez primeiros", sublinhou Elisabete Jacinto no final da etapa.

Apesar do tempo perdido na etapa desta sexta-feira, Elisabete Jacinto, mantém a liderança entre os camiões já que o belga Noel Essers (MAN), segundo da classificação geral está a duas horas de Elisabete Jacinto na classificação geral da categoria de camiões. 

Recorde-se que Elisabete Jacinto tem no seu currículo vários triunfos entre os T4 (camiões) nas mais diversas provas africanas, Rali de Marrocos e Rali da Tunísia, mas nesta longa maratona de todo-o-terreno, uma das maiores da atualidade em que participa pela 10.ª vez consecutiva, a sua melhor classificação foi o 2.º lugar da classe que alcançou em dois anos consecutivos, 2011 e 2012.

Sábado tem lugar a penúltima etapa da edição 2019 do Africa Eco Race, que vai ligar Akjoujt a St Louis, no Senegal, na distância de 556,20 quilómetros, 217 dos quais de  especial cronometrada, maioritariamente em pistas arenosas e dunas.

Comentários

Veja mais