GP da Austrália: Brad Binder vence e Miguel Oliveira termina em 11.º

Brad Binder (KTM Ajo)
Brad Binder (KTM Ajo)

Brad Binder foi o vencedor do GP da Austrália, numa corrida onde Miguel Oliveira terminou na 11.ª posição na frente de Francesco Bagnaia, naquele que foi o pior resultado do ano para o piloto português da KTM Ajo.

Na largada Pasini, que saiu da pole position assumiu liderança com Xavi Vierge e Brad Binder na sua roda. Mais atrás, Miguel Oliveira subia a 15.º, envolvido no pelotão e com muito trabalho pela frente, enquanto Bagnaia era oitavo. Na frente da corrida, Xavi Vierge não demorou muito a ultrapassar Mattia Pasini que acabou por cair numa altura em que ocupava a segunda posição.

Vierge via agora Brad Binder e Iker Lecuona colados à sua roda e a revelarem-se bastante competitivos e não demorou muito que sul-africano da KTM assumisse o comando da corrida.

O grupo da frente contava com novo pilotos que rodavam muito juntos, isto numa altura em que Oliveira ocupava a 10.ª posição, a 1,5s do nono lugar ocupado por Alex Márquez.

A luta pela liderança estava animada e Vierge voltava ao comando da corrida pouco depois, com Binder logo atrás do espanhol mas acabando por ser ultrapassado por Baldassarri que chegava a segundo.

Nas últimas cinco voltas foi a vez de Joan Mir entrar em acção e ascender à segunda posição e com um conjunto de ultrapassagens mais agressivas estava colado a Vierge. Atrás de Mir, era Baldassari que ficava fora da corrida após uma queda a três voltas do final da corrida.

As derradeiras voltas desta 17.ª corrida do mundial de Moto2 foram bastante animadas com Binder a subir à liderança, seguido por  Mir, Fernandez, Vierge e Marini.

À entrada para a última volta Binder lutou com Mir pela vitória depois de terem conquistado uma ligeira vantagem sobre os seus mais diretos adversários, com o sul africano a cortar a meta em primeiro, deixando Mir a 0,036s na segunda posição, enquanto Xavi Vierge foi terceiro. Já Miguel Oliveira acabou em 11.º na frente de Francesco Bagnaia que ocupou o 12.º lugar.

Nas contas do campeonato, Bagnaia soma agora 288 pontos, enquanto Miguel Oliveira é segundo com 252 pontos e Brad Binder ocupa o terceiro lugar com 193 pontos.

Classificação do GP da Austrália de Moto2

Veja aqui o  Filme da corrida.

 

Comentários

Veja mais