Os PORTUGUESES que triunfaram em 2018

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira (Lusa)
Miguel Oliveira (Lusa)

Ao longo do ano que agora termina, alguns portugueses estiveram em destaque ao assinarem o nome nas páginas da história do automobilismo e motociclismo, ao fazerem entoar o hino nacional em casa e além fronteiras.

Com um percurso imaculado ou marcado pelo azar, todos eles são motivo de orgulho para os portugueses. Aqui fica a nossa seleção:

Miguel Oliveira

Miguel Oliveira voltou a mostrar em 2018 que é um campeão e depois do terceiro lugar alcançado em Moto2 em 2017, ano de estreia na categoria intermédia, o piloto português terminou a temporada de 2018 no segundo lugar do campeonato, tendo mesmo liderado o campeonato durante algumas rondas.

Em 18 corridas, Oliveira subiu ao pódio por 12 vezes e alcançou três vitórias, acabando assim por conquistar o vice campeonato a nove pontos do título e revelando uma consistência que está ao alcance de poucos.

Isto num ano em que Miguel Oliveira garantiu o passaporte para se juntar a Valentino Rossi e companhia no mundial de MotoGP em 2019, onde vai defender as cores da Tech 3 KTM, tornando-se assim no primeiro português a tempo inteiro no principal campeonato mundial do motociclismo de velocidade.

Bruno Magalhães

Um ano depois de ter sido vice-campeão no Europeu de Ralis (ERC), Bruno Magalhães volta a subir ao pódio daquela que é a mais antiga competição internacional da modalidade.

O piloto de Lisboa concluiu a temporada de 2018 no terceiro lugar, apesar da falta de orçamento o ter impedido de realizar as últimas duas provas da época.

Para a história fica a subida ao pódio por três vezes na última temporada com destaque para a vitória alcançada no Rali da Acrópole.

Arnaldo Martins

O piloto português Arnaldo Martins conquistou em 2018 o seu segundo título de campeão do mundo de Bajas na categoria quads.

A conquista do título foi alcançada na última prova da temporada na Hungria, mas Arnaldo Martins confirmou todo o seu potencial somando assim mais um resultado de relevo para o atual campeão nacional de todo-o-terreno, que apostou nos últimos anos na internacionalização da sua carreira de piloto.

Armindo Araújo

Armindo Araújo tornou-se em 2018 o primeiro pentacampeão nacional de ralis e fez a festa do do título na derradeira prova da temporada ao vencer o Rali do Algarve, última das nove provas do campeonato de 2018.

Após cinco anos de ausência dos ralis, Armindo Araújo aceitou o convite da Hyundai Portugal e regressou para se tornar o primeiro piloto a conquistar cinco vezes o título nacional ultrapassando Carlos Bica e Joaquim Santos – ambos com quatro.

O palmarés do piloto de Santo Tirso ostenta ainda um título de Campeão Mundial de Grupo N (Produção).

A Ter em conta em 2019

Tiago Monteiro

É um dos pilotos a ter em conta no próximo ano que está à porta. Tiago Monteiro viveu um ano de 2018 bastante duro na sequência do acidente registado no final de 2017 em Barcelona e  esteve impedido de competir por 415 dias.

O regresso do piloto português da Honda no WTCR à competição aconteceu apenas na ronda do Japão,  penúltima prova do campeonato, onde o Tiago Monteiro terminou em 11.º.

Totalmente recuperado da lesão que o afetou, Tiago Monteiro quer voltar a fazer entoar o hino nacional na próxima temporada do WTCR.

António Félix da Costa

Félix da Costa terminou a temporada 2017/18 na Fórmula no 15.º lugar com apenas 20 pontos, numa temporada para esquecer do piloto da MS&AD Andretti.

O piloto português chegou mesmo a reconhecer que a última temporada foi muito difícil, mas olhou sempre para o futuro com esperança. E a verdade é que António Félix da Costa não poderia desejar melhor entrada na temporada de 2018/19 com a equipa oficial da BMW.

Félix da Costa venceu a primeira corrida da temporada e vai passar o ano na liderança do campeonato de Fórmula E, e mais do que isso, deixou boas indicações para o novo ano.

Pedro Lamy

O veterano Pedro Lamy defende o títulos dos GTE Am do Mundial de Endurance conquistado em 2017 com o austríaco Mathias Lauda e o canadiano Paul Dalla Lana pela Aston Martin. A super-época que começou em 2018 prolonga-se por 2019.

Comentários

Veja mais