Montalegre vai receber a Global Rallycross Europe

  • Redação Autoportal
Ralicross Montalegre
Ralicross Montalegre

O município de Montalegre vai substituir a prova do Mundial de ralicrosse por uma jornada do Global Rallycross Europe, uma nova competição da Federação Internacional do Automóvel (FIA), revelou esta sexta-feira à agência Lusa o presidente da autarquia transmontana.

"Perdemos o Mundial apenas por uma questão de dinheiro, mas abriu-se outra porta e vamos integrar o Global Rallycrosse Europe", anunciou Orlando Alves.

Este será o ano de estreia desta taça internacional, que promete "entre 60 a 80 participantes", segundo Orlando Alves, e cujas corridas são transmitidas pelo canal Eurosport.

"É uma prova interessantíssima, que mobiliza muitos pilotos e não ficará muito atrás das expectativas do Mundial", frisou o autarca.

O contrato de três anos foi aprovado na quinta-feira, pela autarquia, e prevê o investimento anual de cerca de 75 mil euros, pagos ao promotor, o MJP Promotions, gerido pelo antigo tricampeão mundial de ralicrosse, o austríaco Max J. Pucher.

O Global Rallycross Championship (GRC) - Europe 2019 vai disputar-se em 11 a 12 corridas e a luta pelo título de campeão terminará numa grande final, em outubro, contando com duas classes: GRC Titans e GRC Supercars e a prova portuguesa vai decorrer em 10 e 11 de agosto.

Recorde-se que Circuito Internacional de Montalegre deixou de figurar no calendário mundial de ralicrosse. A Espanha passa a ocupar a data que era preenchida pela prova portuguesa, no último fim de semana de abril, em Barcelona.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais