Histórico Williams FW07/04 foi restaurado para ir à pista em Jeddah

  • Redação Autoportal
  • 23 dez 2021, 11:00

O icónico Williams de Fórmula 1 com que Alan Jones conquistou o campeonato mundial em 1980 regressa ao seu merecido estado original

Um dos modelos de Fórmula 1 mais conhecidos do início da década dos anos 80 esteve mais ou menos perdido numa garagem de um colecionador algures na Arábia Saudita até há bem pouco tempo. Trata-se do modelo com que Alan Jones conquistou o Campeonato Mundial de Fórmula 1 em 1980 e com o qual a Williams também conquistou o Mundial de Construtores desse mesmo ano.

A coincidir com a entrada da Arábia Saudita no Mundial de Fórmula 1 em 2021, neste mês de dezembro, o desejo de fazer regressar este FW07/04 ao seu estado original fez com que tivessem sido requisitados os serviços da Fifteen Eleven Design de Inglaterra com o objetivo de se realizar um restauro completo a este modelo.

PUB

O primeiro passo levou uma pequena equipa da empresa de Bakewell, em Derbyshire, até à Arábia Saudita com o objetivo de avaliar o que seria necessário para este restauro procedendo à desmontagem do carro e ao envio para as suas instalações no Reino Unido. Depois disso, foram então usadas mais de mil horas neste extenso projeto, que incluiu digitalizações tridimensionais dos componentes que tiveram de ser produzidos de raiz, antes de juntar todas as peças necessárias para a sua construção, desde todas as cablagens necessárias até ao icónico volante forrado em pele verde passando por uma unidade motriz construída especificamente para este modelo pela Geoff Richardson Racing Engines.

PUB

Assim que ficou pronto, o Williams FW07/04 regressou à Arábia Saudita com o objetivo de estrear a nova pista de Fórmula 1 de Jeddah, e mesmo tempo prestar homenagem a uma figura tão fantástica como foi Frank Williams, falecido no final do mês de novembro.

PUB

Com Damon Hill ao volante, o FW07/04 juntou-se a um dos seus gémeos, o FW07/01 de 1979, conduzido por Martin Brundle, com o objetivo de efetuar uma simbólica volta ao traçado de Jeddah, antes da realização do penúltimo Grande Prémio de Fórmula 1 deste ano.

O Director Executivo da Fifteen Eleven Design, Chris Mellors, resume a história deste restauro em algumas palavras começando por referir a honra que teve em trabalhar neste projeto tão prestigioso e de grande visibilidade: "O Williams FW07/04 foi sem dúvida uma das maiores tarefas que a Fifteen Eleven Design empreendeu e enfrentámos muitos desafios pelo caminho, mas tem sido simplesmente mágico poder devolver esta máquina icónica à sua antiga glória.”

“Embora tivéssemos uma ideia da quantidade de trabalho necessária quando chegámos à Arábia Saudita com o objetivo de analisar o estado do carro, era bastante claro que seria um grande pedido tê-lo pronto a tempo da corrida de Fórmula 1, no início de dezembro. O proprietário tinha-nos dado apenas oito semanas e rapidamente nos apercebemos da extensão total do trabalho necessário. Mas quando se supervisiona um projeto como este, sabemos que simplesmente não se pode fazer nada; apenas se faz com que aconteça", referiu.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

F1: Ferrari inclui Schumacher e Giovinazzi no alinhamento para 2022

Alex Zanardi deixou o hospital e continua a “longa recuperação” em casa

Mohammed Ben Sulayem é o novo presidente da FIA

Homenagem a Stirling Moss leva o Mercedes 300 SLR #722 às ruas de Londres

Verstappen campeão: Mercedes desiste de recurso após intervenção da FIA

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS