Fórmula E: Félix da Costa com azar em Marrocos

António Félix da Costa arranca mal na nova temporada da Fórmula E
António Félix da Costa arranca mal na nova temporada da Fórmula E.

Português tinha hipóteses de lutar por lugar no pódio

Português terminou corrida no 14.º lugar

António Félix da Costa (MS&AD Andretti) teve um dia azarado na Fórmula E. O piloto português terminou o ePrix de Marraquexe no 14.º lugar. Félix  “escolheu” mal a altura de entrar na box, já que ocorria uma situação de FCY (bandeiras amarelas) quando saiu para a pista.

A primeira parte da corrida até correu bem, com o ‘Formiga’ a saltar de 19.º para a 10ª posição.

"Se na qualificação o meu erro na volta rápida comprometeu a posição de partida, na corrida penso que fiz tudo o que estava ao meu alcance, ataquei desde o início, recuperei nove lugares, mas com o tempo perdido devido às bandeiras amarelas, fiquei com a corrida estragada e limitei-me a levar o carro até ao final. Foi um dia difícil, que poderia até ter acabado bem, mas o fator sorte hoje não me acompanhou", assumiu Félix da Costa no final da corrida.

Felix Rosenqvist (Mahindra) foi o grande vencedor da terceira ronda do campeonato. O piloto sueco ultrapassou Sebastien Buemi (Renault) a quatro voltas do fim e é agora líder da competição. Sam Bird (DS Virgin) terminou em terceiro, perdendo o primeiro lugar da geral para Rosenqvist.

A Fórmula E segue agora para o Continente Sul Americano, mais precisamente para Santiago do Chile, palco da próxima jornada, no fim de semana de 3 de fevereiro. Até lá António Félix da Costa não terá descanso, com as miticas 24 Horas de Daytona, marcadas para o último fim de semana de janeiro, corrida onde AFC fará a sua estreia absoluta ao volante de um Oreca LMP2 da equipa de do famoso actor Jackie Chan.

 

  • TEMAS:
  • Fórmula E

  • António Félix da Costa

  • Andretti

Veja mais