Nunca antes visto: Félix da Costa andou em Lisboa com o DS da Fórmula E | AUTOPORTAL
PUB

Nunca antes visto: Félix da Costa andou em Lisboa com o DS da Fórmula E

Piloto português e DS Techeetah celebraram títulos de campeões nas ruas da capital portuguesa

As ruas de Lisboa foram palco neste sábado de uma manhã diferente: para elas e para António Félix da Costa. O piloto português vencedor do campeonato de Fórmula E no passado mês de agosto rodou por várias ruas da capital com o DS E-Tense FE20 campeão, num espetáculo inédito cujas maiores sensações não puderam deixar de ser as visuais.

“Foi uma das melhores manhãs da minha vida: poder andar em Lisboa com o carro com que fui campeão”, confessou António Félix da Costa no rescaldo deste ‘road show’ promovido pela DS Automobiles para celebrar a vitória da DS Techeetah no campeonato de equipas e do português no de pilotos: "Ao poder fazer isto, o dia de hoje é um bónus.”

Foram 20 km com partida e regresso no Museu dos Coches passando por artérias emblemáticas de Lisboa com a Av. 24 de Julho, o Cais do Sodré, o Terreiro do Paço, a Rua da Prata (ida) e a Rua do Ouro (volta), o Rossio, os Restauradores, a Av. da Liberdade ou o Marquês de Pombal.

Foi neste ponto de retorno que Félix da Costa desenhou uma série de ‘doughnuts’ no asfalto junto ao Parque Eduardo VII anunciada pelo imenso fumo que envolveu o monolugar no lançamento da celebração com os adeptos anónimos presentes, quando o piloto português deixou o carro e recebeu parabéns e tirou fotografias.

O espetáculo foi soberanamente visual, mas, como já se revelou, teve pitadas de cortes do silêncio elétrico DS E-tense FE20 do pelo chiar dos arranques ou pelo cheiro do queimar da borracha no asfalto. A par do que foi mostrado a quem esteve nas ruas ou acompanhou de forma protocolar num autocarro aberto, Félix da Costa não escondeu também o divertimento que teve ou que proporcionou.

“Com estes carros a fazer menos barulho, podia ouvir as pessoas. Fiz umas corridas com umas bicicletas”, contou o piloto sobre alguns dos vários momentos do percurso, com o ponto intermédio já relatado também expoente da boa disposição vivida: “Deixei marcas no chão, no Marquês, mas aquilo sai...”

Juntando solenidade à exibição e ao divertimento, Félix da Costa assumiu o seu lugar no caminho da mobilidade elétrica e sustentável promovida também desta forma pela DS: “Assim que entro em Lisboa, só conduzo em modo elétrico. É por aí que temos de continuar. É o caminho para o futuro e temos de ser todos a empurra o barco da mobilidade elétrica.”

Com esta “mensagem maior” dada depois do espetáculo proporcionado, António Félix da Costa, o campeão da Fórmula E, garante que os “cool, sexy e rápidos” carros elétricos "estão aqui para ficar".

  • TEMAS:
  • Antonio felix da costa

  • De techeetah

  • Formula e

Veja mais