MotoGP: Andreia Iannone suspenso por 18 meses

  • Redação Autoportal
  • 1 abr 2020, 14:02
Andrea Iannone (Aprilia)
Andrea Iannone (Aprilia)

Piloto da Aprilia só regressa ao mundial de MotoGP em 2021

O comité disciplinar da Federação Internacional e Motociclismo (FIM) decidiu agora aplicar um a pena de 18 meses de suspensão a Andrea Iannone, depois do piloto da Aprilia ter acusado positivo num teste de doping no GP da Malásia de 2019.

Desta forma, Iannone não vai poder alinhar no mundial de MotoGP de 2020, já que a suspensão só vai terminar em junho de 2021, depois do piloto italiano da Aprilia ter acusado positivo para esteróides anabolizantes, o que levou à sua suspensão da atividade desportiva a 17 de dezembro de 2019.

PUB

O Comité Disciplinar Internacional da FIM aceitou que a teoria, apoiada por uma infinidade de evidências científicas fornecidas, e que não se trata de doping voluntário, que, no entanto, não serviu para exonerar completamente o piloto italiano.

"Estou totalmente calmo e quero tranquilizar meus fãs e a Aprilia. Estou aberto a qualquer contra-análise e surpreendido com esta decisão porque, até agora, não recebi nenhuma comunicação oficial. Ao longo dos anos e na última temporada passei por vários testes que sempre foram negativas, por isso estou confiante num final positivo para esta história ", disse Iannone a 17 de dezembro, depois de ter sido confrontado as notícias da suspensão preventiva da FIM.

PUB

O piloto da Aprilia pode agora recorrer da suspensão agora anunciada para o Tribunal de Arbitragem do Desporto.

Continuar a ler

RELACIONADOS

MotoGP: Andrea Iannone vai continuar suspenso e é baixa para a Aprilia

MotoGP: Andrea Iannone suspenso preventivamente devido a doping

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS