MotoGP: Miguel Oliveira doa camisola autografada para leilão solidário

  • Redação Autoportal
  • 12 abr, 16:00
Miguel Oliveira (KTM)
Miguel Oliveira (KTM)

Receitas do leilão vão reverter para apoiar pessoas que ficaram em situação precária devido à pandemia de civid-19

O piloto português de MotoGP, Miguel Oliveira, doou uma camisola oficial autografada à Associação Dignitude, que começa esta segunda-feira a ser leiloada, e cujas receitas se destinam a comprar medicamentos para apoiar pessoas que ficaram em situação precária devido à pandemia.

O leilão da camisola do piloto português da KTM, decorre até ao próximo dia 26 de abril e para participar basta aceder à plataforma digital eSolidar e apresentar a licitação.

PUB

“A oferta mais alta ganha uma camisola autografada pelo reconhecido piloto português, ao mesmo tempo que contribuirá para levar saúde a quem mais necessita”, refere a associação em comunicado.

Por seu lado, Miguel Oliveira afirmou no comunicado que é com “bastante orgulho” que se associa “a uma causa tão nobre como o acesso à saúde para os mais afetados pela pandemia”.

Num momento tão excecional, é essencial que a palavra de ordem seja solidariedade e todos podemos contribuir e impulsionar iniciativas solidárias que contribuam significativamente para a sociedade. Este é o momento de nos juntarmos e apoiar quem mais precisa”, sublinhou Miguel Oliveira.

PUB

As receitas do leilão solidário da camisola autografada de Miguel Oliveira, vão reverter para o programa de “Emergência abem: COVID-19”, destinado a ajudar no acesso a medicamentos, produtos e serviços de saúde a pessoas em situação mais vulnerável devido à pandemia.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira: “Deixei de ter informação para extrair a máxima performance da moto”

GP de Doha: Quartararo conquista a vitória e Oliveira é 15.º

GP de Doha: Miguel Oliveira assegura lugar na Q2

COMPUTADOR DE BORDO

Desconfinamento: 10 Dicas para o seu carro

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

VEJA MAIS

MAIS LIDAS