MotoGP fecha o calendário deste ano com anúncio de um cancelamento

  • Redação Autoportal
  • 11 set, 18:40
GP de Espanha de MotoGP (Lusa)
GP de Espanha de MotoGP (Lusa)

Depois do GP de Aragão deste fim de semana haverá mais cinco rondas

O MotoGP anunciou que o calendário do Mundial deste ano de 2021 está fechado ao mesmo tempo que confirmou o cancelamento em definitivo do GP da Argentina.

O campeonato deste ano ficará, assim, composto por 18 provas no seu total “sem mais eventos a serem adicionados”.

PUB

Em informação veiculada pelo site do MotoGP, a Federação Internacional de Motociclismo (FIM), a IRTA (associação das equipas, fornecedores e patrocinadores) e a Dorna (organizadora dos campeonatos) “confirmam o cancelamento” do GP da Argentina por motivos de “força maior”.

“O evento tinha sido anteriormente adiado, mas a atual pandemia de covid-19, restrições logísticas e danos estruturais precedentes obrigaram ao cancelamento.”

O MotoGP conta voltar à Argentina em 2022, mas, por agora, o presente ano ficará com mais cinco provas por realizar depois de passado o presente fim de semana:

GP de São Marino (Misano), 19 de setembro;

GP das Américas (COTA, Austin), 3 de setembro;

GP da Emilia Romagna (Misano), 24 de outubro;

GP do Algarve (AIA, Portimão), 7 de novembro;

PUB

GP da Comunidade Valenciana (Ricardo Tormo), 14 de novembro.

Neste atual fim de semana de 12 de setembro, decorre o GP de Aragão, a 13.ª prova do presente calendário. 

Confirmadas ficaram também as datas da pré-temporada para 2022 com os testes oficiais em Jerez a 18 e 19 de novembro deste ano e o teste de shakedown a 31 de janeiro do próximo ano.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Miguel Oliveira corre para a retoma no MotorLand: os horários do GP de Aragão

GP de Aragão: Oliveira sai da sexta linha com Bagnaia na pole position

Miguel Oliveira fica a 1 décimo da Q2 no MotorLand

GP de Aragão: Oliveira melhora mas permanece distante da frente

GP de Aragão: Márquez dá 1 segundo à concorrência, Oliveira arranca a meio gás

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS