Joaquim Rodrigues faz mais um pódio no Dakar e Sam Sunderland renasce

  • Redação Autoportal
  • 13 jan, 14:44

Piloto português subiu mais um posto na classificação geral

Joaquim Rodrigues conseguiu nesta quinta-feira o seu segundo pódio na edição deste ano do Dakar e subiu ao 14.º lugar da classificação das motos. Depois de vencer a 3.ª etapa ainda na primeira semana, o piloto português da Hero foi o terceiro classificado na 11.ª e penúltima especial cronometrada.

Os 346 quilómetros cronometrados na região de Bisha foram feitos por Joaquim Rodrigues em 3h33m22s tendo o português gasto mais 2m26s do que Kevin Benavides (KTM) – o vencedor da etapa.

PUB

Sam Sunderland (GasGas) foi o segundo classificado nesta quinta-feira – a apenas 4s de Benavides – e voltou à liderança da prova (que tinha perdido à etapa 9) beneficiando dos mais de 20 minutos de atraso com que Adrien van Beveren (Yamaha) chegou à meta.

Classificação (provisória) das motos:

1 Sam Sunderland (GasGas), +37h04m05s

2 Pablo Quintanilla (Honda), +6m52s

3 Matthias Walkner (KTM), +7m15s

(...)

14 Joaquim Rodrigues (Hero), +1h11m25s

(...)

21 António Maio (Yamaha), +2h39m48s

(...)

23 Rui Gonçalves (Sherco), +2h56m30s

PUB

(...)

43 Mário Patrão (KTM), +8h39m53s

(...)

68 Alexandre Azinhais (KTM), +14h19m20s

(...)

79 Arcélio Couto (Honda), +16h04m39s

(...)

Na prova dos carros, Carlos Sainz conseguiu o seu segundo triunfo em etapas com o Audi elétrico batendo Luciano Alvarez (Toyota) por 3m10s e o seu colega de equipa Mattias Ekstrom por 3m53s.

Na classificação geral, Nasser Al-Attiyah (Toyota) vai gerindo o comando sem precisar de acelerar de mais.

Miguel Barbosa e Pedro Velosa terminaram a etapa no 40.º lugar e recuperar mais dois na geral.

PUB

Classificação (provisória) dos carros:

1 Nasser Al-Attiyah (Toyota Hilux), 36h49m51s

2 Sébastien Loeb (BRX Hunter), +33m19s

3 Yazeed Al Rajhi (Toyota Hilux), +1h03m43s

(...)

11 Paulo Fiúza (Vaidotas Zala – Mini JCW), +3h36m23s

(...)

35 Miguel Barbosa (Toyota Hilux), +12h47m54s

(...)

Nos SSV, Luís Portela Morais e David Megre (Can-Am) terminaram a etapa 11 no 5.º lugar e Rui Oliveira e Fausto Mota (Can-Am) ficaram no 26. posto - mantendo respetivamente os 7.º e 16.º lugares da classificação.

PUB

Nos protótipos ligeiros, Mário Franco e Rui Franco (Yamaha) ficaram em 10.º na etapa e ocupam o 14.º lugar da geral.

O Dakar 2022 termina nesta sexta-feira com a etapa 12 numa ligação de 516 quilómetros entre Bisha e Jeddah com 164 quilómetros cronometrados.

Continuar a ler

RELACIONADOS

Dakar: Peterhansel persegue mais história e as motos trocam de líder

Dakar tem novo líder nas motos

Vídeo: camião Gaussin a hidrogénio para o Dakar teve a bênção até de Lionel Messi

Dakar: Joaquim Rodrigues continua a subir na tabela

Dakar vai a meio com prestação brava dos portugueses

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS