Leclerc vai “ajustar a agressividade” depois da Áustria

  • Redação Autoportal
Charles Leclerc (Reuters)
Charles Leclerc (Reuters)
Piloto da Ferrari pede mais consistência nas decisões sobre as penalizações

A ultrapassagem de Max Verstappen que relegou Charles Leclerc para o segundo lugar do GP da Áustria continua na mente do piloto da Ferrari como mote para uma nova atitude em pista.

O monegasco garante que já ultrapassou a perda da vitória em Spielberg, mas não deixa de pedir consistência nas decisões dos comissários sobre as manobras em pista; até porque promete que passará a ser mais agressivo.

“Naquele momento, senti que era frustrante. Olhando para trás, estou felz por agora podernos correr assim. Como pilotos, tentamos estar sempre o mais perto dos limites que as regras nos permitem, por isso, eu vou garantidamente mudar pouco e ajustar um pouco a minha agressividade”, afirmou Leclerc, numa citação da Fórmula 1.

O piloto da Ferrari explica a sua posição no arranque para o GP da Grã-Bretanha deste fim de semana: “Eu não tenho qualquer problema com aquele incidente e foi fácil para mim seguir em frente. A única coisa de que gostaria era de um pouco mais de consistência. Dá-me a sensação de que houve outros incidentes no passado que foram de certa forma menores e foram penalizados.”

“Se pudermos correr dessa forma, então eu estou mais do que feliz por correr dessa forma. Penso que é bom para a Fórmula 1. Penso que isto é o que nós pilotos queremos, apenas precisamos de saber o que podemos esperar dos outros; e é por isso que precisamos de consistência nas penalizações”, assumiu o quinto classificado do Mundial.

  • TEMAS:
  • Charles Leclerc

  • Ferrari

  • Fórmula 1

Veja mais