Dakar: governo da Bolívia garante assistência apesar da greve dos médicos

| PC
Dakar 2017 (Oruro, Bolívia)
Dakar 2017 (Oruro, Bolívia)

Paragem dura há mais de um mês

O governo da Bolívia garante que participantes e público do rali Dakar 2018 não ficarão sem assistência médica que seja necessária apesar da greve dos médicos que afeta o país há mais de um mês.

“Estamos a preparar um plano de contingência com todos os ministérios, principalmente o da Saúde, para que todos os espetadores, nacionais e internacionais e os próprios pilotos tenham a assistência imediata em todos os pontos”, afirmou a ministra da Cultura da Bolívia, Wilma Alanoca, segundo escreve a Agencia Boliviana de Informação, numa citação da EFE.

O Dakar 2018 parte do Peru no próximo dia 6 com a caravana a chegar à Bolívia no dia 11 e a entrar no dia 15 na Argentina, onde a prova no dia 20.

  • TEMAS:
  • Dakar 2018

  • Bolívia

  • Greve dos médicos

Veja mais