Dakar: José Ignacio Cornejo vence e reforça a liderança nas motos

  • Redação Autoportal
  • 11 jan, 12:41

Sebastian Buhler terminou no top 10 e Joaquim Rodrigues foi 25.º

O chileno José Ignacio Cornejo (Honda) venceu esta segunda-feira a oitava etapa do rali Dakar, em motas, e reforçou a liderança da categoria.

O piloto da equipa liderada Ruben Faria foi o mais rápido na tirada que ligou Sakara a Neom, segunda parte da etapa maratona, com 709 quilómetros, 375 dos quais ao cronómetro, tendo terminado a etapa em 3h08m40s, relegando o australiano Toby Price (KTM) para o segundo lugar, a 1m05s.

Price, que partiu para esta etapa a apenas um segundo do Cornejo, foi obrigado a realizar a tirada com o pneu traseiro da sua KTM rachado e preso por braçadeiras plásticas, já que na etapa maratona não pode receber assistência.

Já o norte-americano Ricky Brabec (Honda), que foi o primeiro a largar para a etapa desta segunda-feira, foi terceiro, a 2m50s do seu companheiro de equipa.

A oitava etapa do Dakar ficou marcada pela queda do francês Xavier de Soultrait (Husqvarna), que chegou a liderar a prova na primeira semana, que forçou a organização a transportar o piloto para uma unidade hospitalar em Tabuk, para realizar exames complementares de diagnóstico.

Segundo uma nota da organização publicada no sítio oficial da prova na Internet, o piloto francês esteve sempre consciente.

Entre os portugueses Sebastian Buhler (Hero), foi o mais rápido ao terminar a etapa na 10.ª posição, a 7m58s do vencedor. Na geral Buhler ocupa o 19.º lugar a 2h0618s do líder.

Já Joaquim Rodrigues Jr. (Hero) perdeu algum tempo à passagem pelo quilómetro 80, caindo até 45.º. A partir daí foi recuperando posições, terminando a etapa no 25.º lugar, a 31m47s do vencedor, mantendo a 16.ª posição da classificação geral.

Por seu lado Rui Gonçalves (Sherco) foi 41.º a 51m19s do vencedor da etapa.

Classificação das motos após a 8.ª etapa:

1. José Ignacio Cornejo (Honda), 32h 00m11s

2. Toby Price (KTM), +01m16s

3. Sam Sunderland (KTM), + 5m57s

4. Kevin Benevides (Honda), +12m58s

5. Joan Barreda (Honda), +16m05s

(...)

16. Joaquim Rodrigues (Hero), +01h17m49s

(...)

19. Sebastian Buhler (Hero), +2h06m18s

(...)

25. Rui Gonçalves (Sherco), +4h00m50s

(...)

Na terça-feira terá lugar a nona etapa da 43.ª edição do Dakar que se realiza num percurso em redor de Neom, com 579 quilómetros de extensão, 465 dos quais cronometrados, numa tirada que promete ser uma das mais duras da prova, e que será disputada junto ao Mar Vermelho.

RELACIONADOS

Morreu Hubert Auriol, antigo vencedor e organizador do Dakar

Dakar: Ricky Brabec vence etapa e Jose Ignacio Cornejo é o novo líder

Dakar: Yazeed Al Rajhi vence etapa e Peterhansel reforça liderança

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS