Dakar: Ricky Brabec vence a etapa e Benavides é o novo líder das motos

  • Redação Autoportal
  • 13 jan, 12:38
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim
Ricky Brabec (Honda HRC)

Joaquim Rodrigues foi o melhor português e terminou a etapa no Top 10

O norte-americano Ricky Brabec (Honda) alcançou esta quarta-feira, a sua segunda vitória na 43.ª edição do Dakar, ao vencer a 10.ª etapa da prova, marcada pela subida de Kevin Benavides à liderança da corrida.

Brabec terminou a tirada que ligou Neom a Alula, na distância de 583 quilómetros de extensão, 342 dos quais cronometrados, em 3h12m33s, relegando o seu companheiro de equipa, Joan Barreda, para a segunda posição, a 3m15s.

Já o argentino Kevin Benavides, também piloto da Honda, foi terceiro a 5m11s do seu companheiro de equipa.

Benavides é o novo líder da prova, depois de José Ignacio Cornejo (Honda), ter sofrido uma queda ao quilómetro 252 dos 342 da especial.

O chileno ainda conseguiu chegar ao final da tirada na 11.ª posição, cedendo mais de 17 minutos para o vencedor da etapa, mas, após ser examinado pela equipa médica do Dakar, decidiu abandonar devido às dores, revelou a organização, numa nota publicada no sítio oficial da prova na Internet.

Com o abandono de Cornejo, a luta pela vitória na categoria de motos está lançada, já que Benavides tem uma vantagem de apenas 51 segundos, para o seu companheiro de equipa Ricky Brabec, vencedor da edição de 2020 do Dakar.

Entre os portugueses Joaquim Rodrigue Jr (Hero), terminou a etapa no 10.º lugar a 16m24s do vencedor da tirada e ocupa o 11.º lugar da geral a 1h47m52s, enquanto Rui Gonçalves (Sherco) teve hoje um dia mais tranquilo, depois da queda da véspera e foi 20.º, a 32m14s do mais rápido.

Já Sebastian Buhler (Hero) terminou a etapa na 22.ª posição, a 43m31s do vencedor.

Classificação das motos após a 10.ª etapa:

1. Kevin Benavides (Honda), 40h20m08s

2. Ricky Brabec (Honda), +00m51s

3. Sam Sunderland (KTM), +10m36s

4. Joan Barreda (Honda), +15m40s

5. Skyler Howes (KTM), +29m38s

(...)

11. Joaquim Rodrigues (Hero), +01h47m52s

(...)

16. Sebastian Buhler (Hero), +3h30m08s

(...)

21. Rui Gonçalves (Sherco), +6h00m53s

(...)

Na quinta-feira terá lugar a 11.ª e penúltima etapa da 43.ª edição do Dakar, que vai ligar Al-Ula e Yanbu, com 557 quilómetros, 511 deles cronometrados, sendo a especial mais longa da prova, incluindo quase uma centena de quilómetros de dunas.

RELACIONADOS

Benavides dedica vitória no Dakar ao ‘Speedy': “Sinto muito a falta dele"

Dakar: Stéphane Peterhansel vence etapa e consolida a liderança

Dakar: Kevin Benavides vence a etapa e Cornejo reforça a liderança nas motos

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS