Joaquim Rodrigues: “Tenho de ver o ombro e saber se dá para continuar"

  • Redação Autoportal
  • 11 jan, 19:31
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Piloto português lesionou-se num ombro e perdeu muito tempo na oitava etapa do Dakar

Joaquim Rodrigues foi um dos azarados da oitava etapa do Dakar que esta segunda-feira ligou Sakara a Neom, na segunda parte de uma etapa maratona, na distância de 709 km, 375 dos quais ao cronómetro.

O piloto português da Hero, perdeu algum tempo à passagem pelo quilómetro 80, quando embateu numa pedra, lesionando um ombro.

"As coisas não correram bem esta manhã, porque bati numa pedra. Não caí, mas magoei um braço e um ombro. A partir daí, foi difícil, tive de abrandar para conseguir chegar ao acampamento, e estou bastante feliz por ter conseguido chegar ao final. Agora, tenho de ver o ombro e saber se dá para continuar amanhã (terça-feira)", explicou o piloto português que terminou a etapa na 25.ª posição, a  31m57s do vencedor, mantendo o 16.º lugar da classificação geral.

RELACIONADOS

Dakar: José Ignacio Cornejo vence e reforça a liderança nas motos

Dakar: Al-Attiyah recupera tempo a Peterhansel e Porém é top 20

Morreu Hubert Auriol, antigo vencedor e organizador do Dakar

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS