Ricciardo e a Ferrari: “Alguém disse não à minha chegada”

  • Redação Autoportal
Daniel Ricciardo
Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo troca a Red Bull pela Renault de 2018 para 2019, mas a carreira do piloto australiano esteve para passar pela Ferrari. Com vontade de um dia passar por Maranello, Ricciardo dá as suas explicações para não ter ficado com um dos carros vermelhos para si e garante que não foi por ter pedido muito dinheiro.

“Quem disse que eu pedi muito dinheiro, mente... Evidentemente, alguém disse não à minha chegada… Quem? Gostaria de saber, mas talvez eu tenha uma ideia...", afirmou Ricciardo em entrevista ao «Automoto».

Questionado a explicar as razões de terem falhado negociações que chegou a haver, o australiano redireciona a pergunta para a Ferrari. Mas acaba por partilhar a sua conclusão: “Falámos e negociámos, mas vê-se que eles já tinham chegado a acordo com [Charles] Leclerc e, por isso, o meu [acordo] caiu.”

Desejando “boa sorte” a Leclerc e que a passagem do monegasco pela Ferrari “funcione bem”, Ricciardo mantém também no seu horizonte conhecer por dentro a equipa de Maranello: “No que me diz respeito, espero ainda ter algum tempo na F1 e quem sabe se no futuro não haverá oportunidade nos encontrarmos novamente.” ”Desta vez foi assim... ", rematou.

Comentários

Veja mais