Antigo construtor de carros desportivos Lola está à venda

  • Redação Autoportal
  • 10 jan, 16:56
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Marca britânica com 62 anos é uma referência no desporto automóvel

O antigo construtor britânico de carros desportivos que chegou a alinhar no mundial de Fórmula 1 com uma equipa, foi colocado à venda de forma a permitir que possa regressar em breve à competição.

A marca britânica que produziu cerca de 5.000 veículos entre 1958 e 2012, para as mais diversas competições do automobilismo, alcançou o sucesso com vitórias na IndyCar, Fórmula 5000 e outras categorias de monolugares.

No entanto, foi na F1 que a Lola deu nas vistas, ao conseguir na temporada de 1962 que John Surtees alcançasse uma pole e dois segundos lugares no campeonato.

Eric Broadley, fundador da Lola, liderou a marca até 1997, altura em que o empresário e antigo piloto, Martin Birrane, adquiriu a empresa.

Apesar dos fortes investimentos realizados por Birrane, a Lola deixou de produzir carros desportivos em 2012, mas as suas instalações, nomeadamente o seu centro técnico e o túnel de vento, continuaram a ser utilizados por várias equipas e algumas marcas do setor automóvel para testarem os seus veículos.

Martin Birrane faleceu em 2018 e agora a família pretende vender a empresa que conquistou um lugar no desporto automóvel.

“O objetivo é encontrar um comprador com a ambição, tenacidade e determinação necessárias para escrever o próximo capítulo da ilustre história de 62 anos de Lola”, sublinhou a marca em comunicado revelado pelo «motosport.com».

“A preferência é vender tudo num único pacote por um preço aproximado de 7 milhões de libras, 7,7 milhões de euros”, acrescenta a nota da Lola.

Para além do centro técnico e do túnel de vento, a venda inclui a marca Lola, bem como as marcas registadas pela empresa britânica, bem como uma extensa biblioteca de desenhos técnicos e diverso material, peças reposição para túnel de vento e uma equipa de desenvolvimento de chassis.

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS