F1: Red Bull vai continuar a utilizar motores Honda até 2025

  • Redação Autoportal
  • 15 fev, 12:54
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim
Red Bull F1

Equipa da Red Bull cria empresa para continuar a utilizar os motores da marca japonesa na F1

A Red Bull anunciou esta segunda-feira que chegou a acordo com a Honda, para que a sua equipa de F1, bem como a AlphaTauri, continuem a utilizar motores da marca japonesa até ao final de 2025.

A decisão revelada surge depois da Honda ter anunciado em outubro, que vai abandonar a F1 no final da temporada de 2021, e após a recente decisão da Comissão de F1 da Federação Internacional do Automóvel (FIA), ter decido congelar o desenvolvimento dos motores a partir de 2022, e até 2024.

Desta forma a equipa de Milton Keynes criou uma empresa denominada Red Bull Powertrains Limited, que vai ter a responsabilidade de gerir o novo projeto.

“Temos vindo a discutir este assunto com a Honda há já algum tempo e, na sequência da decisão da FIA de congelar o desenvolvimento de unidades de potência a partir de 2022, pudemos finalmente chegar a um acordo sobre a continuarmos a utilizar as unidades híbridas de potência da Honda”, sublinhou o conselheiro da Red Bull, Helmut Marko em comunicado.

A decisão da Red Bull criar uma divisão para gerir os motores dos seus monolugares já vinha a ser pensada há algum tempo e deixa em aberto a possibilidade de a equipa de Milton Keynes vir a criar o seu próprio motor a partir de 2025, o que é visto por Christian Horner, como um passo importante.

“A Honda investiu significativamente em tecnologia híbrida para assegurar o fornecimento de unidades de potência competitivas a ambas as equipas. Iniciámos agora o trabalho de trazer a divisão de unidades de motores e integrar as novas instalações e pessoal no nosso Campus Tecnológico. Entretanto, estamos totalmente concentrados em alcançar os melhores resultados possíveis no que será a última temporada da Honda como fornecedor oficial de unidades de energia”, acrescentou chefe de equipa Red Bull, Christian Horner.

RELACIONADOS

F1: Red Bull contratou Pérez (também) por causa da Mercedes

F1: Ferrari ligou o motor do novo SF21 e já tem datas para a apresentação

F1: GP de Portugal tem o apoio da FIA e só falta a assinatura do contrato

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS