Bell notification
Deseja receber notificações
autoportal.iol.pt
Permitir
Anular

WEC: Albuquerque vence no Bahrain e Félix da Costa é 2.º

  • Redação Autoportal
António Félix da Costa e Filipe Albuquerque (Facebook A. Félix da Costa)
António Félix da Costa e Filipe Albuquerque (Facebook A. Félix da Costa)
Pilotos portugueses disputaram triunfo até final

Filipe Albuquerque venceu as 8 Horas do Bahrain na categoria LMP2 e é agora o segundo classificado num Mundial de Endurance na categoria.

António Félix da Costa foi o segundo classificado nos LMP2 e o português da Jota ocupa o quarto lugar do campeonato.

Albuquerque partiu da pole position e corou a vitória nos LMP2 com a volta mais rápida sendo o quarto da classificação geral no Bahrain. Mas o piloto português da United Autosports, que fez tripla com Phil Hanson e Paul Di Resta, não deixou de frisar que nem tudo foi fácil e que o carro de Félix da Costa deu luta até ao final.

"Já merecíamos este resultado. Acabámos com o enguiço e conseguimos muitos pontos e isso coloca-nos num bom lugar em termos de campeonato. Nem sempre a corrida correu bem, tivemos alguns percalços e no final ter de manter o António Félix da Costa à distância, teve a sua piada. [É] engraçado estarem dois portugueses a discutir o campeonato do mundo."

Félix da Costa correu em equipa com Roberto González e Anthony Davidson e chegou logo atrás do compatriota nos LMP2 e no quinto lugar da classificação geral. O português da Jota acha que ainda podia ter conseguido algo mais, mas não deixou de considerar merecida a vitória com seu compatriota.

“Mais um pódio WEC, um ótimo resultado para a Jota Sport. Pena o toque no arranque que nos fez perder mais de 30 segundos na box. Sem isso a história poderia ter sido outra... Não ganhando eu que ganhe um português, por isso, parabéns ao Filipe, vitória merecida. E foi bom voltar a partilhar um pódio com um português e meu bom amigo. Fica agora 1-1 em vitórias, que venha a próxima para desempatar.”

Nos LMP1, a vitória nas 8 Horas do Bahrain foi para o Toyota de Mike Conway, Kamui Kobyayashi e José Maria López, que são agora os comandantes do Mundial na principal categoria.

Nos LMP2, o campeonato é liderado pelo carro da Jackie Chan DC Racing pilotado por Gabriel Aubry, Will Stevens e Ho-Pin Tung, com mais quatro pontos do que a equipa de Filipe Albuquerque e mais sete do que a de Félix da Costa.

A próxima prova do WEC é a Lone Star Le Mans, no Circuito das Américas, nos EUA, em fevereiro.

  • TEMAS:
  • Filipe Albuquerque

  • Antonio Felix da Costa

  • WEC

Veja mais