A F1 está a cada vez mais jovem: que o diga a média de idades

  • Redação Autoportal
Fórmula 1 (Reuters)
Fórmula 1 (Reuters)

Ao dia de hoje, pouco tempo depois de finalizada a temporada 2018 e com a grelha definida para 2019, a Fórmula 1 apresenta-se para a próxima época com a média de idades dos pilotos mais baixa de sempre.

Com uma média de idades acima dos 50 anos em 1950, a redução desse valor foi-se sucedendo com o passar das temporadas e chega-se agora aos 26,4 anos de média de idades – superando os 26,6 do campeonato que agora findou.

A grelha da F1 é cada vez mais composta por pilotos jovens e, apesar de não ter haver de 2018 para 2019 uma saída tão significativa como a de Michael Schumacher no final de 2012 (com 44 anos) deixando Mark Webber como o mais velho na época seguinte – para uma média de idades pouco acima dos 27 anos 2013 – a saída de Fernando Alonso (agora com 37 anos) contrasta com a entrada de Lando Norris (19 anos) na McLaren do próximo ano.

O piloto mais velho da grelha continua (Kimi Raikkonen mantém-se na F1 aos 39 anos), mas no ano passado já havia outro com 19 anos: Lance Stroll. A lançar-se para a próxima temporada com 20 anos, o canadiano continua entre os mais jovens sendo acompanhado nesta idade pelas estreias de Geroge Russell (Williams), por exemplo, numa grelha que mantém também outros com pouco mais de 20 anos (Max Verstappen, Pierre Gasly ou Charles Leclerc) e ainda recebe Alexander Albon (22).

Em 2019 serão seis os pilotos com idade acima dos 30 anos (Lewis Hamilton, Sebastian Vettel, Nico Hulkenberg, Romain Grosjean, Raikkonen e o regressado Robert Kubica), Já as equipas com uma soma de idades «sessentona» entre a sua dupla serão apenas três: Mercedes, Renault e Sauber. Por oposição, as equipas com a média de idades mais baixa entre os seus serão duas: a Red Bull e a McLaren (43).

Idades dos pilotos para a época 2019 da F1:

Mercedes (62)

Lewis Hamilton – 33

Veltteri Bottas – 29

Ferrari (52)

Sebastian Vettel – 31

Charles Leclerc – 21

Red Bull (43)

Max Verstappen – 21

Pierre Gasly – 22

Renault (60)

Daniel Ricciardo – 29

Nico Hulkenberg – 31

Haas (58)

Romain Grosjean – 32

Kevin Magnussen – 26

McLaren (43)

Lando Norris – 19

Carlos Sainz Jr. – 24

Racing Point (48)

Sergio Pérez – 28

Lance Stroll – 20

Sauber (63)

Kimi Raikkonen – 39

Antonio Giovinazzi – 24

Toro Rosso (46)

Daniil Kvyat – 24

Alexander Albon – 22

Williams (53)

Robert Kubica – 33

George Russell – 20

Comentários

Veja mais