As reações à morte de Niki Lauda

  • Redação Autoportal
  • 21 mai 2019, 12:10
Niki Lauda (Reuters)
Niki Lauda (Reuters)

O antigo piloto austríaco morreu na segunda-feira aos 70 anos

As reações ao desaparecimento de Niki Lauda não param de surgir desde que foi conhecida a sua morte na segunda-feira.

O piloto austríaco passou quatro décadas no paddock da Fórmula 1 onde era visto como um verdadeiro herói e a notícia da sua morte  deixou o mundo da F1 e do automobilismo em choque. Por isso as redes sociais encheram-se de homenagens, ao tricampeão do mundo.

PUB

A equipa da Ferrari onde Lauda conquistou dois dos seus três título de campeão lembrou nas redes sociais que “este é um dia triste para a F1. A grande família da Ferrari teve conhecimento com profunda tristeza da noticia da morte do nosso amigo Niki Lauda. Estarás sempre nos nossos corações e dois nossos fãs. #CiaoNiki”.

Por seu lado a McLaren, equipa com a qual Lauda conquistou o seu terceiro título de campeão revelou a sua grande tristeza pelo desaparecimento do campeão.

“Todos na Mclaren estamos profundamente tristes por saber que o nosso amigo, colega e Campeão do Mundo 1884, Niki Lauda, morreu. Niki vai permanecer sempre nos nossos corações e faz parte da nossa historia”.

PUB

Na Mercedes equipa onde Niki Lauda desempenhou até à sua doença funções, o momento é igualmente de pesar.

“Estamos profundamente triste com o desaparecimento de Niki Lauda. Estamos eternamente gratos pelo trabalho de Niki Lauda no desporto automóvel”.

Já o australiano Casey Stoner, antigo campeão do Mundo de MotoGP lembrou que a morte de Niki Lauda é o desaparecimento de “uma verdadeira lenda do desporto motorizado”

Os organizadores do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 reagiram a morte do piloto austríaco, garantindo que “Lauda será imortalizado na história da modalidade” e que “a comunidade do automobilismo está de luto pela morte de uma verdadeira lenda”.

PUB

Por seu lado o piloto espanhol Marc Márquez, pentacampeão mundial de Moto GP, usou a sua conta na rede Twitter para homenagear Niki Lauda: “Nunca esquecerei o dia em que nos conhecemos e os teus conselhos. Todo o meu apoio para os familiares e amigos”.

Já o  presidente da Federação Internacional do Automóvel (FIA), Jean Todt, recordou Niki Lauda como “um herói do desporto automóvel”, confessando que ele próprio se sentiu inspirado pelo campeão de Fórmula 1.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

GP de Portugal de F1 e o memorável terceiro título de Niki Lauda

A F1 está de luto: morreu NIKI LAUDA (1949-2019)

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS