F1: as contas de Lewis Hamilton para chegar ao título no México

  • Redação Autoportal
Lewis Hamilton (Reuters)
Lewis Hamilton (Reuters)
Piloto da Mercedes está a beira do seu sexto título de campeão

A Mercedes arrumou as contas do campeonato de Construtores no GP do Japão com a vitória de Valtteri Bottas e o terceiro lugar de Lewis Hamilton.

Na próxima ronda do campeonato, o GP do México, que terá lugar a 27 de outubro, Lewis Hamilton pode alcançar o seu sexto título de campeão, o terceiro consecutivo.

Mas, para isso, o piloto britânico ainda vai depender do desempenho do seu companheiro de equipa, que no Japão reduziu para 64 pontos a diferença que separa os dois pilotosd que ainda podem ser campeões matematicamente.

O pentacampeão soma 338 pontos contra 274 de Bottas. A diferença existente entre os dois pilotos da Mercedes permite que Hamilton possa chegar ao título terminando as quatro corridas que faltam na quinta posição, mas o piloto britânico pode arrumar de vez as contas já na próxima ronda.

Para isso, Hamilton necessita de somar mais 14 pontos do que Bottas para fazer a festa do título na Cidade do México, já que ficaria com uma vantagem de 78 pontos para três coridas em falta - 78 seriam também o máximo de pontos que Bottas poderia alcançar com três vitórias e três voltas mais rápidas (que dão um ponto extra) nas corridas que faltarão depois do México e em igualdade pontual (sendo preciso que o inglês não pontuasse nem nos EUA, nem no Brasil, nem em Abu Dhabi), Hamilton já tem vitórias suficientes para ganhar o desempate.

Os cenários para Hamilton ser campeão no GP do México:

Hamilton vence e Bottas é no máximo 5.º (15 pontos);

Hamilton vence com a volta mais rápida e Bottas é no máximo 4.º (14 pontos);

Hamilton é 2.º e Bottas é no máximo 8.º (14 pontos);

Hamilton é 3.º e Bottas é no máximo 10.º ou 9.º com a volta mais rápida (14 pontos);

Hamilton é 3.º com a volta mais rápida e Bottas é no máximo 9.º (14 pontos).

  • TEMAS:
  • Fórmula 1

  • Lewis Hamilton

  • Valtteri Bottas

Veja mais