F1: Brendon Hartley será piloto de desenvolvimento da Ferrari

  • Redação Autoportal
Brendon Hartley (Reuters)
Brendon Hartley (Reuters)

Neozelandês deixou a Toro Rosso no final de 2018

Brendon Hartley será piloto de desenvolvimento da Ferrari em 2019 depois de ter deixado a Toro Rosso no final da época 2018 da Fórmula 1.

O piloto neozelandês junta-se a Davide Rigon e a Antonio Fuoco e Pascal Wehrlein no grupo que trabalhará com o simulador da Ferrari para a Fórmula 1.

O novo diretor geral da Scuderia de Maranello, Mattia Binotto explicou a composição deste quarteto: “A nossa equipa recebeu quatro talentosos pilotos que possuem um sentido inato, com um forte entendimento de carros de corridas e circuitos. Estas são precisamente as qualidades requeridas no papel de pilotar num simulador; uma das peças vitais dos equipamentos da F1 dos dias de hoje.”

  • TEMAS:
  • Brendon Hartley

  • Ferrari

  • Fórmula 1

Veja mais