F1: Ferrari espera carros 1.5s mais lentos devido aos regulamentos

  • Redação Autoportal
Novo Ferrari SF90
Novo Ferrari SF90

Diretor da Scuderia explica que é preciso recuperar essa diferença com o desenvolvimento dos novos monolugares

A temporada 2019 da Fórmula 1 está quase a começar. Os carros já são conhecidos, os pilotos vão para pista já nesta segunda-feira e as cartas começam a ser jogadas.

Com os novos regulamentos para este ano, as asas traseiras e dianteiras são maiores e ficam mais perto do solo. O objetivo é o de tornar estes elementos mais simples e permitir que os carros não ‘sofram’ tanto quando rodam atrás de outros.

Mas isso implica também que sejam mais lentos. E a estimativa da Ferrari é a de que os carros de 2019 percam 1.5s em relação aos seus antecessores, pois o peso acaba também por aumentar.

“Previmos um impacto de 1.5s por volta quando testámos pela primeira vez no túnel de vento e foi isso que obtivemos. Estes carros são mais pesados comparados com os do ano passado e a aerodinâmica, especialmente a asa dianteira, foi muito simplificada. A expetativa era de 1.5s e isso confirmou-se”, afirmou o novo diretor geral da equipa Ferrari.

Matti Binotto explicou, nestas declarações reproduzidas pelo «Motorsport.com», que cabe agora ás equipas fazerem o seu trabalho de desenvolvimento para tentarem recuperar essa diferença: “Agora, trata-se de quanto conseguimos recuperar dos 1.5s durante todo o período de desenvolvimento.” “Quanto ao que os outros recuperaram, só a pista poderá dizê-lo”, acrescentou o diretor da Scuderia.

  • TEMAS:
  • Ferrari

  • Fórmula 1

  • Mattia Binotto

Veja mais