F1: Hamilton promete maior agressividade com Leclerc no futuro

  • Redação Autoportal
Leclerc e Hamilton (Associated Press)
Leclerc e Hamilton (Associated Press)
Campeão do mundo criticou o comportamento do piloto da Ferrari

Lewis Hamilton terminou o GP de Itália na terceira posição, depois de uma luta intensa com Charles Leclerc (Ferrari) que venceu a corrida de Monza.

O piloto britânico da Mercedes defendeu no final da corrida que apreendeu este domingo que Leclerc é bastante agressivo e que por isso vai mudar a sua atitude face ao monegasco nas próximas corridas.

Tudo porque à passagem da 23.ª volta, o líder do Mundial, tentou a ultrapassagem a Leclerc, mas acabou por ser apertado pelo jovem piloto da Ferrari, com o monegasco a ser sancionado com um aviso pela manobra pela Direção de Corrida.

"Charles é um piloto de nova geração e, como tal, não tem nada a perder. É um piloto agressivo e rápido. Mas não é difícil pressioná-lo. Reclamei daquela manobra pelo rádio, porque quase nos tocamos", sublinhou Hamilton no final da corrida.

A atitude de Leclerc levou Hamilton a deixar claro que vai ter de assumir uma posição diferente nas próximas corridas para com o piloto da Ferrari.

"Ele é um jovem, mas hoje aprendi com ele na luta que travamos. Da próxima vez vou ter de revelar o mesmo comportamento que ele teve comigo hoje", concluiu Hamilton.

  • TEMAS:
  • Fórmula 1

  • Lewis Hamilton

  • GP de Itália

Veja mais