F1: Mattia Binotto já não é diretor técnico da Ferrari

  • Redação Autoportal
Mattia Binotto (Reuters)
Mattia Binotto (Reuters)
Ferrari volta a mexer na sua estrutura

Mattia Binotto que acumulava até agora os cargos de direto técnico e chefe da equipa da Ferrari, vai passar apenas a desempenhar a função de chefe da equipa da marca de Maranello.

Binotto que substituiu Maurizio Arrivabene no inicio da temporada, vai passar a concentrar-se apenas na gestão da equipa, enquanto a direção técnica passa a estar entregue a três engenheiros da Ferrari, segundo avançou o «Motorsport»

O objetivo da Ferrari com esta medida que entra em vigor já no próximo GP da Alemanha, passa por aliviar a carga de trabalho de Binotto, que desta forma terá apenas de se concentrar no futuro da Ferrari e no projeto de 2020.

Com esta alteração a função de diretor técnico será dividida entre Enrico Cardile, responsável pelo desenvolvimento do chassi, David Sánchez, aerodinâmica, e Corrado Iotti, responsável pelo desenvolvimento de motores.

No entanto esta mudança na estrutura da equipa de Maranello é vista como o primeiro passo para o regresso de Simone Resta, que deixou a Alfa Romeo na última semana.

Simone Resta assumiu no último ano o cargo de diretor técnico da Alfa Romeo e regressa agora à equipa da Ferrari para assumir a responsabilidade, ao que tudo indica, do projeto de 2021.

  • TEMAS:
  • Fórmula 1

  • Ferrari

  • Mattia Binotto

Veja mais