F1: Max Verstappen vence o muito agitado GP da Arábia Saudita

  • Redação Autoportal
  • 27 mar, 19:32
Max Verstappen (Lusa)
Max Verstappen (Lusa)

Uma corrida à altura no culminar de um fim de semana emocionante

Max Verstappen (Red Bull) venceu o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1 culminando um fim de semana muito agitado, desde a sexta-feira (por razões extra competição) até à corrida deste domingo, com luta pela vitória até ao cortar da meta.

Charles Leclerc (Ferrari) foi o segundo classificado, mas, depois de ter perdido o duelo particular no Circuito de Jeddah com campeão do mundo, mantém a liderança do campeonato após duas corridas realizadas.

PUB

O terceiro lugar na Arábia foi para Carlos Sainz (Ferrari), que conseguiu superiorizar-se a Sergio Pérez (Red Bull) deixando o mexicano com o amargo de ficar fora do pódio depois de sair da pole position.

Pérez partiu bem e manteve o comando à frente de Leclerc, mas Verstappen deu logo um ar daquilo a que ia ganhando o terceiro lugar a Sainz. Feita a largada, feitas as primeiras voltas, as primeiras grandes lutas foram-se verificando mais atrás, com um despique entre os dois Alpine a darem um mote de que as ultrapassagens podiam marcar esta corrida...

Entre Red Bull e Ferrari, a luta ia começando pela estratégia e, após a paragem nas boxes para a troca de pneus médios pelos duros, foi Leclerc quem saiu a ganhar e Pérez quem saiu a perder. Com um Safety Car por uma batida de Nicolas Latifi (Williams) pelo meio entre a paragem do mexicano e as dos outros da frente, o monegasco passou para o comando.

PUB

Após o recomeço, Leclerc manteve a liderança que tinha conseguido à frente de Verstappen e Pérez acabou por ficar em quarto atrás de Sainz.

Continuava-se mais a pensar em estratégia do que em duelos pela frente...

PUB

Até que a 15 voltas do final, o Virtual Safety Car devido às paragens do McLaren de Daniel Ricciardo e do Alpine de Fernando Alonso antecedeu o que mais todos queriam: o duelo entre os dois da frente pelo triunfo em Jeddah.

Verstappen deu esse mote logo no retomar da corrida. A 10 voltas do fim aconteceu o primeiro grande momento, com o ataque do neerlandês para o comando e a contra-resposta de Leclerc a recuperar a posição.

E a luta continuou, mas, ainda num tom de teste para o que teria de ser feito de forma definitiva mais à frente; ou seja, quando quanto menos voltas houvesse para inverter posições tomadas melhor...

Foi a três voltas do final das 50 que esta corrida teve que Verstappen fez o seu ataque decisivo. Passou para a frente e, então, era contar os quilómetros para guardar a vantagem. Leclerc ficou com a consolação de ter a volta mais rápida, mas a aproximação ao líder da corrida foi insuficiente para impedir o campeão do mundo de cortar a meta em primeiro não muitos metros à sua frente.

PUB

Charles Leclerc manteve a liderança do Mundial, assim como Carlos Sainz continua no segundo lugar. Mas Verstappen já é terceiro depois da primeira corrida em que pontuou.

Classificação do Mundial de Pilotos:

1 Charles Leclerc (Ferrari), 45 pontos

2 Carlos Sainz (Ferrari), 33

3 Max Verstappen (Red Bull), 25

4 George Russell (Mercedes), 22

5 Lewis Hamilton (Mercedes), 16

(...)

Classificação do Mundial de Construtores:

1 Ferrari, 78 pontos

2 Mercedes, 38

3 Red Bull, 37

4 Alpine, 16

5 Haas, 12

(...)

O Mundial de F1 prossegue em Melbourne com o GP da Austrália, a terceira prova da época, no fim semana de 10 de abril.

PUB
Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS