F1: Mercedes já esperava os “distúrbios elétricos” no GP da Áustria

  • Redação Autoportal
  • 7 jul 2020, 19:02
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

Bottas e Hamilton sentiram na Corirda problemas já tidos nos dias anteriores

A Mercedes revelou que já estava à espera de ter problemas no GP da Áustria de Fórmula 1 deste domingo que abriu a temporada, pois, como foi revelado agora, os W11 debateram-se desse sexta-feira com “distúrbios elétricos”, que a equipa alemã espera resolver até ao próximo fim de semana.

“O Valtteri [Bottas] teve um problema no final de uma das sessões e esse foi o primeiro sinal de que tínhamos algo que não estava bem. O problema voltou a acontecer no sábado. Quando entrámos na corrida, ficámos à espera que voltasse a acontecer”, referiu o engenheiro chefe da Mercedes, Andrew Shovlin, numa intervenção no podcast 'F1 Nation' citada pela Lusa.

De acordo com o responsável, a questão que está a afetar o rendimento dos carros está relacionada com “um acumular de distúrbios elétricos, que começam a interferir em vários sistemas”.

“No carro do Valtteri, vimos que, no meio da corrida, a caixa de velocidades piorava progressivamente. Com o Lewis [Hamilton], apareceu mais tarde”, explicou Shovlin.

Apesar desse incidente, Bottas conquistou a vitória na Corrida e Hamilton foi o segundo a cortar a meta – sendo depois relegado para o quarto lugar após uma penalização.

Conforme acrescenta a Lusa, o diretor da Mercedes, Toto Wolff, está confiante de que os engenheiros vão resolver o problema ao longo da semana e que este estará solucionado a tempo da segunda prova – novamente no Red Bull Ring, no próximo dia 12.

RELACIONADOS

GP da Áustria: para Bottas foi sempre a subir e para Hamilton sempre a descer

Alonso está a caminho de voltar à F1 com a Renault

Bottas: “Consegui controlar a corrida pela minha parte”

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS