F1 vai deixar duas corridas do atual calendário em 2020

  • Redação Autoportal
Sebastian Vettel (Reuters)
Sebastian Vettel (Reuters)
Número de provas na próxima época mantém-se e o GP do Vietname já está confirmado

A Fórmula 1 vai manter em 2020 as 21 corridas do presente calendário. Mas, na próxima temporada, há duas provas do atual campeonato que já não vão figurar no programa.

“Estamos no processo de finalizar o calendário de corridas de 2020. Temos acordos de princípio para duas renovações e estamos empenhados em três outras renovações. A acrescentar a isso, já anunciámos a corrida em Hanói”, afirmou Chase Carey com mais uma prova nova em perspetiva: “Temos um acordo de princípio para juntar um novo circuito ao calendário de 2020.”

Nesta conferência com analistas financeiros citada pelo «Motorsport.com», o diretor da Fórmula 1 admite que o número de corridas para 2020 ainda não está finalizado, mas que se espera ser “21, o mesmo que em 2019”. “Obviamente, a matemática significa que não poderemos renovar todas as corridas atuais”, explicou Carey.

Ao confirmado GP do Vietname deverá juntar-se o GP da Holanda, pois o Circuito de Zandvoort, é que já terá o acordo de princípio para a outra novidade em 2020. Mantendo as 21 corridas de 2019 terão mesmo de sair duas no próximo ano com o GP de Espanha em Barcelona no topo desta lista.

  • TEMAS:
  • Fórmula 1

  • Chase Carey

  • Calenfário F1

Veja mais