Ferrari: Leclerc e Sainz “têm liberdade para lutar em pista” (por enquanto)

  • Redação Autoportal
  • 17 jan, 11:47
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim
Mattia Binotto (Reuters)

Diretor da Scuderia frisa que os objetivos da equipa estarão sempre à frente dos individuais dos pilotos

Mattia Binotto garantiu que no arranque para a época 2021 da Fórmula 1 os dois pilotos da Ferrari não terão uma hierarquia entre eles e que Charles Leclerc e Carlos Sainz Jr. poderão lutar sem restrições pelo melhor lugar, incluindo entre eles.

Mas o diretor da Scuderia Ferrari não coloca de parte a vinculação às ordens da equipa e acrescenta que o andar do campeonato é que vai determinar o rumo deste caminho inicial.

“Não há o que quer que seja no contrato que [diga que] o Charles é o líder [da equipa]. É importante que não se prejudiquem, isso é claro, mas penso que terão as mesmas oportunidades, seguramente no início da época”, assumiu Binotto em declarações veiculadas pelo site da F1.

O diretor da Ferrari recordou, porém, que “a prioridade” será “otimizar os pontos da equipa” e que, assim, em algumas corridas, “será importante que ambos ajudem ou aceitem as ordens da equipa” nesse sentido.

“Mais tarde na temporada, se houver uma vantagem clara de um piloto sobre outro e um deles puder atingir um objetivo não alcançável pelo outro, será um tema aberto entre os dois”, afirmou Binotto prometendo ajudas individuais que tenham sempre os interesses da equipa em primeiro lugar.

RELACIONADOS

F1: Charles Leclerc testa positivo à covid-19

F1: Alpine revela o novo monolugar de Fernando Alonso

F1: Grosjean mostra as cicatrizes nas mãos após o acidente do Bahrain

Renault substitui diretor da equipa de Fórmula 1

Mundial de F1 com calendário revisto arranca no Bahrain

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS