GP da China: Vettel reconhece vantagem da Mercedes mas quer lutar pela vitória

  • Redação Autoportal
Sebastian Vettel (Reuters)
Sebastian Vettel (Reuters)

Sebastian Vettel (Ferrari) vai sai do terceiro lugar da grelha de partida para o GP da China de Fórmula 1, que terá lugar no domingo no Circuito de Xangai.

O piloto alemão ficou a pouco mais de três décimos da pole position alcançada por Valtteri Bottas (Mercedes), que desta forma vai sair do primeiro lugar da grelha para o GP 1000 da Fórmula 1

Apesar da Ferrari ter revelado um bom ritmo no Bahrein e Sebastian Vettel ter liderado o primeiro treino livre para o GP da China, a Mercedes acabou por mostrar todo o seu domínio neste inicio de temporada ao garantir os dois primeiros lugares da grelha para o GP da China, já que Lewis Hamilton vai sair da segunda posição da grelha de partida.

Para Vettel a superioridade da Mercedes foi evidente na Qualificação . “Infelizmente a Mercedes foi superior. Desde a Q1 que eles pareciam melhores. Tivemos um bom treino, talvez desse para ter conseguido um pouco mais, mas apesar de tudo estou muito feliz por ter conseguido melhorar o meu tempo na derradeira tentativa, mas não foi o suficiente para chegar à pole”, sublinhou Vettel no final da qualificação.

Quanto à corrida de domingo Vettel reconhece que o importante será aproveitar a vantagem da Ferrari na reta para conseguir estar na luta pela vitória.

 “Eles estão muito rápidos nas curvas. Temos uma vantagem nas retas e talvez possa ser por ai que se consiga ter vantagem para estar na luta pela vitória. No entanto a corrida vai ser longa e pode ser que tenhamos um bom dia”, concluiu Vettel.

Veja mais