GP de Portugal de F1 vai ter menos público que o previsto

  • Redação Autoportal
  • 19 out 2020, 09:00
Paulo Pinheiro (Lusa)
Paulo Pinheiro (Lusa)

Evolução da pandemia de covid-19 deverá obrigar a redução de público na prova portuguesa

A lotação máxima permitida para o GP de Portugal de Fórmula 1, que terá lugar no próximo fim de semana, deverá ser reduzida devido à pandemia de covid-19.

"Ainda estamos à espera da versão final do parecer da Direção-Geral da Saúde (DGS) mas, em princípio, o limite máximo deve situar-se nos 27.500 lugares", revelou Paulo Pinheiro, administrador do Autódromo Internacional do Algarve, em declarações à agência «Lusa».

PUB

Inicialmente, foram colocados à venda cerca de 46.000 bilhetes, mas, face à evolução da pandemia de covid-19 nas últimas semanas, esse número deverá ser substancialmente reduzido.

Paulo Pinheiro deixou claro que se têm verificado "várias desistências de adeptos do estrangeiro que, ou não conseguiram viagem, ou estão com receio".

Por isso, "em princípio, dará para acomodar" todos os adeptos portugueses que compraram bilhete, observou o responsável.

Recorde-se que a DGS revelou no final da última semana que estava a rever a autorização para a presença de público em eventos desportivos, em especial nos eventos de Fórmula 1 e MotoGP, admitindo a sua redução.

PUB
Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS