Mundial de F1 com calendário revisto arranca no Bahrain

  • Redação Autoportal
  • 12 jan, 10:51
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

GP da Austrália passa para a o final do ano

A Fórmula 1 apresentou nesta terça-feira o calendário revisto para o Mundial deste ano adiando o GP a Austrália e agendando o arranque para uma semana mais tarde no Bahrain.

Portugal não faz parte desta nova revisão do calendário, que mantém uma data aberta em 2 de maio sem atribuição de local.

O GP da Austrália que estava previsto como primeira prova foi aprazado para o final do ano, o GP do Vietname já tinha sido retirado do calendário e o GP da China ficou também de fora, com o regresso de Imola já marcado entre algumas trocas de outras datas.

Calendário revisto do Mundial de Fórmula 1:

28 março GP do Bahrain (Sakhir)

18 abril GP de São Marino (Imola)

2 maio POR DESIGNAR

9 maio GP de Espanha (Barcelona)

23 maio GP do Mónaco (Monte Carlo)

6 junho GP do Azerbaijão (Baku)

13 junho GP do Canadá (Montreal)

27 junho GP de França (Le Castellet)

04 julho GP da Áustria (Spielberg)

18 julho GP do Reino Unido (Silverston)

1 agosto GP da Hungria (Budapeste)

29 agosto GP da Bélgica (Spa-Francorchamps)

5 setembro GP dos Países Baixos (Zandvoort)

12 setembro GP de Itália (Monza)

26 setembro GP da Rússia (Sochi)

3 outubro GP de Singapura (Singapura)

10 outubro GP do Japão (Suzuka)

24 outubro GP dos Estados Unidos (Austin)

31 outubro GP do México (Cidade do México)

7 novembro GP do Brasil (São Paulo)

21 novembro GP da Austrália (Melbourne)

5 dezembro GP da Arábia Saudita (Jeddah)

12 dezembro GP de Abu Dhabi (Abu Dhabi)

RELACIONADOS

F1: promotor do GP da China quer adiamento da prova e Portugal ganha força

Renault substitui diretor da equipa de Fórmula 1

Votos de um Ano Novo cheio de corridas (calendário para 2021)

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada

VEJA MAIS

MAIS LIDAS