F1: Ross Brawn quer explicações sobre as penalizações nas provas

  • Redação Autoportal
Ross Brawn (Reuters)
Ross Brawn (Reuters)
Diretor desportivo da F1 defende que os fãs merecem mais informações

O atual diretor desportivo da Fórmula 1, Ross Brawn, veio agora deixar claro que a disciplina máxima do desporto automóvel tem de explicar melhor as penalizações impostas ao pilotos durante as provas.

Para o britânico, os fãs merecem mais informações sobre decisões que são tomadas, até porque casos como o de Sebastian Vettel e de Lewis Hamilton no GP do Canadá, são vistos como um incidente de corrida pelo público e por isso deveria ter sido ignorado pelos comissários.

Para Ross Brawn a explicação sobre a penalização de cinco segundos imposta ao piloto da Ferrari deveria ter sido explicada para terminar com a polémica.

“Tenho muito respeito pelo trabalho dos comissários e pelo seu profissionalismo, acredito que eles seriam os primeiros a não quererem ver uma corrida decidida por uma penalização. Mas ao mesmo tempo, entendo que para os fãs não é fácil entenderem porque razão o primeiro piloto a cortar a linha de meta, não foi aquele que subiu ao degrau mais alto do pódio", sublinhou o diretor desportivo da Fórmula 1.

Ross Brawn acredita que a transparência das decisões dos comissários é determinante numa disciplina complexa como a Fórmula 1.

“É difícil. Tal como no futebol com o vídeo árbitro, também na F1 temos sempre discussões sobre algumas situações. Por isso pode ser importante trabalhar com a FIA para encontrar soluções que permitam aos comissários explicar as suas decisões aos fãs e revelar os pontos do regulamento que levam a algumas penalizações. Podemos ou não concordar com as decisões, mas ninguém tem uma agenda oculta e os fãs podem ter certeza disso”, concluiu Ross Brawn.

  • TEMAS:
  • Fórmula 1

  • Ross Brawn

  • Sebastian Vettel

Veja mais