Toto Wolff: “Precisamos de respeitar as decisões dos comissários”

  • Redação Autoportal
Toto Wolff - Mercedes
Toto Wolff - Mercedes

Responsável da Mercedes defende que não deve ser criada pressão sobre as decisões difíceis

O responsável pela equipa da Mercedes na Fórmula 1, Toto Wolff, não alinhou no mar de criticas à decisão da direção da corrida do GP do Canadá, que penalizou Sebastian Vettel em cinco segundos, acabando por afastar o alemão da Ferrari do lugar mais alto do pódio.

Para Wolff não é fácil tomar estas decisões mas os comissários tem o papel de fazer respeitar os regulamentos apesar de toda a polémica que as suas decisões possam gerar.

“É certo que queremos vencer na pista as corridas e de uma forma limpa, até porque este tipo de incidentes só provocam polémica. A minha opinião é que é difícil aos comissários interpretarem as regras e deixarem todas as pessoas satisfeitas. Por isso não devemos criar pressão sobre as suas decisões”, sublinhou Wolff.

O responsável da Mercedes acredita que a polémica criada no GP do Canadá pode vir a afastar as pessoas competentes da Fórmula 1.

"As decisões que são necessário tomar nem sempre são as mais populares. Mas alguém tem de realizar esse trabalho e para isso queremos os melhores na Fórmula 1. Se estivermos sempre a criticar as suas decisões ninguém vai querer fazer este trabalho no futuro. Por isso é preciso respeitar as decisões dos comissários, sejam elas a favor ou contra”, concluiu Toto Wolff.

  • TEMAS:
  • Fórmula 1

  • Toto Wolff

  • Mercedes

Veja mais