Esteban Ocon, em Alpine F1, vence na Hungria e Hamilton volta a liderar mundial

  • Redação Autoportal
  • 1 ago, 16:32
(em atualização)
Esteban Ocon, Alpine F1, GP Hungria 2021 (Foto: Zsolt Szigetvary/EPA/Lusa)
Esteban Ocon, Alpine F1, GP Hungria 2021 (Foto: Zsolt Szigetvary/EPA/Lusa)

O piloto francês da Alpine liderou grande parte da corrida depois das carambolas iniciais e ainda soube defender-se de Vettel, para dar à Alpine uma vitória épica na Hungria

Depois do choque de titãs em SIlverstone e de um interregno entre corridas com muitas trocas de palavras entre Hamilton e Verstappen, era esperado com forte entusiasmo o GP de Fórmula 1 da Hungria.

Mas as condições meteorológicas e um forte acidente logo na partida trocaram todas as voltas e tornaram este GP um dos mais emotivos dos últimos anos. Até Fernando Alonso passou pela liderança.

PUB

No final, foi Esteban Ocon, piloto francês, que venceu pela primeira vez e deu um épico primeiro lugar à Alpine F1, para delírio de toda a equipa, que ainda viu Fernando Alonso alcançar um quinto lugar!

Lewis Hamilton em Mercedes, foi ganhando posições, depois do desastre inicial (chegou a estar na última posição) e ainda alcançou um incrível terceiro lugar. Com isso passou para a liderança do campeonato, com 192 pontos.

Já o anterior líder até à partida de hoje, Max Verstappen, da Red Bull, teve de contentar-se com o décimo lugar e perdeu a liderança do campeonato, passando agora a estar a 6 pontos do britânico.

PUB

Mas o homem do dia foi mesmo Esteban Ocon

 

A história do GP da Hungria de 2021

Um início de corrida completamente arrasador provocou um verdadeiro turbilhão de batidas e abandonos.

Partida GP Hungria 

Valtteri Bottas em Mercedes arrancou lento, bateu com Lando Norris que acabou em cima de Verstappen. Resultado à primeira volta: abandono de Bottas, Leclerc, Perez e Stroll. Estava a corrida completamente desfeita.

Nova partida, todos na boxe, exceto… Hamilton que esteve sozinho na grelha. Teve de entrar na box e reentrou em pista na última posição.

PUB

Esteban Ocon, em Alpine, passou a liderar nessa altura e o GP da Hungria parecia uma verdadeira epopeia. Estaríamos hoje perante uma inédita e histórica da Alpine e de Ocon?

Mas Hamilton e Verstappen foram ganhando lugares, com as novas passagens pelas boxes.

Pouco depois do meio da corrida a emoção na box da Alpine era total com Ocon e Alonso a ocuparem as duas primeiras posições. Seria um sonho?

À volta 40, Fernando Alonso, sim, esse mesmo, liderava de novo, pela primeira vez desde 2014. Restavam 14 pilotos em pista.

PUB

Quando atingiu o quarto lugar, Hamilton fez nova paragem e voltou em quinto lugar, estava lançado o objetivo de ainda chegar ao pódio, até porque, nesse momento Verstappen debatia-se no 11º lugar, depois de 5 paragens, contra as quatro do inglês.

Encetou então uma luta, primeiro com Fernando Alonso, quarto nessa altura e depois com Sainz Jr que rodava em terceiro lugar. Épica a defesa de ambos os pilotos espanhóis, da Alpine e da Ferrari, enquanto conseguiram… lá atrás Verstappen, a menos de 10 voltas do fim, parecia conseguir apenas 1 ponto, respeitante ao 10º lugar. Iria perder o comando do mundial?

O final foi épico, com Ocon a vencer e dar uma alegria imensa a toda a equipa da Alpine

Classificação final

(Nota de redação: Gralha no nome de Esteban Ocon corrigida às 16:35, pelo lapso, as nossas desculpas)

Continuar a ler

RELACIONADOS

Lewis Hamilton arranca na Pole Position no GP da Hungria

Treinos livres GP Hungria: Valtteri Botas na frente de Hamilton e Verstappen

Red Bull vs. Mercedes: o caldo está entornado e o GP da Hungria ainda nem começou

Hamilton ganha em Silvertsone depois de choque com Verstappen na primeira volta

COMPUTADOR DE BORDO

Tem a certeza de que faz o transporte de crianças como deve ser?

Detetores de radar de velocidade à venda na internet. Legais ou ilegais?

Governo alega “questões técnicas”: veículos elétricos sem direito a descontos nas SCUT

VEJA MAIS

MAIS LIDAS