GP do Azerbaijão: treino livre cancelado por causa das tampas de saneamento

  • Redação Autoportal
Treinos do GP do Azerbaijão começaram mal para a Williams
Williams de George Russell ficou danificado ao passar por cima de uma tampa

Os Treinos Livres do GP do Azerbaijão arrancaram mal nesta sexta-feira com a primeira sessão a ter de ser interrompida depois de o Williams de George Russell ter ficado bastante danificado quando passou por cima de uma tampa de saneamento que estava solta.

Nem todos os pilotos tinham ainda saído para a pista no Circuito Citadino de Baku. Apenas os Ferrari de Charles Leclerc (1m47.497S) e Sebastian Vettel (1m49.598s) tinham, inclusivamente, marcado tempos, com cerca de uma quarto de hora de sessão.

E foi, por sinal, a passagem de Leclerc naquele local que iniciou os problemas com a pista. O monegasco da Ferrari passou com uma das rodas por cima de uma tampa de saneamento, que acabou por ficar solta.

Quando Russel passou nesse local, passou com o carro por cima da tampa em questão e o contacto do carro com o objeto solto danificou bastante o fundo plano do Williams. Esses foram desde já os danos visíveis – ignorando-se ainda se haverá outros...

Como se tal não bastasse, o camião-grua que retirou o FW42 da pista acabou por bater com a parte superior do guindaste numa estrutura com paineis acabando parado com óleo da grua a verter para cima do Williams.

O arranque azarado da equipa de Grove – que passou desde logo a inspecionar os danos no carro de Russell – foi sucedido pela decisão da Direção de Corrida de cancelar a sessão em definitivo para reparar não só a tampa em questão, mas para fazer uma inspeção geral a todo o circuito.

  • TEMAS:
  • George Russell

  • Williams

  • GP Azerbaijão

Veja mais