F1: patrocínio da Ferrari está sob investigação na Austrália

  • Redação Autoportal
Sebastian Vettel (Reuters)
Sebastian Vettel (Reuters)

Patrocinador diz que está a trabalhar com a organização do GP que abre a temporada 2019 da F1

As autoridades australianas estão a investigar o patrocínio da Ferrari pela Philip Morris na Fórmula 1, no contexto da proibição de publicidade a tabaco no Desporto.

A Philip Morris, patrocinadora da Ferrari desde há longos anos, encetou uma nova campanha denominada «Mission Winnow» que está na pintura dos monolugares e nos fatos dos pilotos.

Esta nova marca da tabaqueira representa um novo impulso tecnológico com soluções inovadoras para afastar a companhia da dependência dos produtos do tabaco.

O patrocínio da Ferrari pela Mission Winnow arrancou no GP do Japão de Fórmula 1 do ano passado e gerou controvérsia por associação, do formato do logótipo e das letras, à Marlboro, marca de tabaco da Philip Morris que também já decorou os Ferrari em tempos.

A um mês e meio do GP da Austrália que abrirá a época 2019 da Fórmula 1 em Melbourne, várias investigações estão em curso sobre a nova marca da Philip Morris segundo relata o «Sydney Morning Herald».

Depois da Autoridade para as Comunicações e Media da Austrália ter lançado logo a sua investigação após a transmissão televisiva do GP do Japão de 2018, agora foi a vez de o Departamento de Saúde federal e do Departamento de Saúde e de Serviços Humanos [do estado] de Victoria terem encetado os seus procedimentos sobre a Mission Winnow.

O diretor internacional de comunicação global da Philip Morris afirma que "a iniciativa, os símbolos e logótipos usados no carro da Ferrari e no site estão em conformidade com as leis que se aplicam às atividades [da companhia] na Austrália e no Estado de Victoria".

“Estamos cientes do debate na Austrália e estamos a trabalhar com os organizadores do GP local para entender as preocupações das autoridades e dar-lhes uma resposta”, esclareceu Tommaso di Giovanni, ao «Motorsport.com».

O representante da Philip Morris frisou que “a Mission Winnow não anuncia ou promove os produtos ou marcas de produtos da empresa” e que tem o propósito “contrário” de “falar sobre o compromisso de melhorar” o que a empresa faz.

“A Mission Winnow é uma janela para a nova Philip Morris International e para os nossos parceiros, para o nosso compromisso e para os estímulos que nos impulsionam para melhorar e evoluir. E contribuir para o progresso da sociedade”, explicou Di Giovanni.

  • TEMAS:
  • Ferrari

  • GP Austrália

  • Mission Winnow

Veja mais