MotoGP: Oliveira fecha temporada em casa numa ronda de títulos no Moto2 e Moto3

  • Redação Autoportal
  • 18 nov 2020, 10:17
Miguel Oliveira (Tech3 KTM)
Miguel Oliveira (Tech3 KTM)

Piloto português estreia-se a correr em casa no MotoGP no fecho da temporada

A temporada de 2020 e MotoGP chega esta fim de semana ao final com a realização do GP de Portugal, que terá lugar no Autódromo Internacional do Algarve.

A última ronda da temporada marca o regresso do MotoGP a Portugal, oito anos depois da última prova, e vai ficar marcada pela estreia de Miguel Oliveira (Tech3 KTM) a correr em casa na categoria rainha do motociclismo, numa corrida que não vai contar com público.

PUB

O espanhol Joan Mir (Suzuki) vai enfrentar a última prova do campeonato com o estatuto de campeão do mundo, assegurado no último fim de semana no GP da Comunidade Valenciana , sucedendo ao seu compatriota Marc Márquez (Honda).

Mesmo sem público, Miguel Oliveira tem o fator psicológico a seu favor, além do maior conhecimento da pista, com uma configuração única e desafiante, apesar de essa ser uma vantagem que se vai esbater ao longo do fim de semana.

Ainda assim, a ambição do piloto português da Tech3 passa por estar na luta pelos cinco primeiros , mas terminar a época com a segunda vitória da temporada, permitia a Miguel Oliveira juntar-se a Fabio Quartararo (SRT Yamaha) e ao seu companheiro de equipa Franco Morbidelli, na lista dos pilotos repetentes em triunfos ao longo da época.

PUB

Com as contas do campeonato de pilotos de MotoGP arrumadas a favor de Mir, o Autódromo Internacional do Algarve, vai ser o palco da decisão dos títulos das categorias inferiores.

Dessa forma, os campeões mundiais de Moto2 e Moto3 vão ficar definidos no domingo, em Portimão e candidatos ao título não faltam.

PUB

Em Moto2, o italiano Enea Bastianini (Italtrans Racing Team) chega à última ronda da temporada com 16 pontos de vantagem sobre o britânico Sam Lowes (Marc VDS), apesar de o transalpino Luca Marini (SKY Racing Team VR46), irmão de Valentino Rossi, estar a apenas 18 pontos (a vitória vale 25), enquanto o seu companheiro de equipa Marco Berzechi tem 23 pontos de diferença para  liderança.

Na categoria de Moto3, a luta pelo título está reduzida a três pilotos. O espanhol Albert Arenas (Aspar Team) é o líder do campeonato à entrada para a última ronda da temporada com 170 pontos, mais oito do que o japonês Ai Ogura (Honda Team Asia) e 11 que o italiano Tony Arbolino (Rivacold Snipers Team), o que deixa tudo em aberto para a corrida de Portimão.

PUB
Continuar a ler

RELACIONADOS

Presidente da FIM abre a porta ao MotoGP em Portugal em 2021

Hervé Poncharal ‘despede-se’ de Miguel Oliveira “com grande tristeza”

Miguel Oliveira: “Espero que consigamos um resultado muito bom em Portimão”

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS