Oficial: confirmado o regresso da F1 a Portugal

  • Redação Autoportal
  • 24 jul 2020, 14:14
Manuel Luís Goucha e Vasco Palmeirim

GP de Portugal terá lugar a 25 de Outubro em Portimão

Vinte e quatro anos depois, Portugal volta a receber o Campeonato do Mundo de Fórmula 1.

A confirmação foi feita esta tarde através da página oficial da F1 no Twitter, onde fica claro que a prova portuguesa terá lugar de 23 a 25 de outubro em Portimão.

"Estamos muito satisfeitos por continuarmos a fazer grandes progressos para finalizarmos calendário da temporada 2020 e muito animados em receber Portimão, Nurburgring e Ímola no calendário revisto", sublinhou Chase Carey, presidente e CEO da Fórmula 1 em comunicado.

Os detalhes finais do calendário serão divulgados nas próximas semanas, mas devido à pandemia de covid-19 e às restrições de alguns países, a Fórmula 1 confirmou que não será possível realizar as corridas do Brasil, Estados Unidos, México e Canadá nesta temporada e que a prova de Imola terá apenas dois dias de competição ao contrário dos tradicionais três dias.

Já o presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), Ni Amorim, considerou que este é um momento histórico para o desporto automóvel em Portugal. 

"Esta  é a primeira vez que um GP de Portugal de F1 está sob a alçada da FPAK. Ainda bem que tomámos a liberdade de, no início da pandemia, enviar aquela carta à FIA. Um gesto que marcou o início de todas as conversações e que culminou com este anúncio. Tenho a certeza de que Portugal e o Autódromo do Algarve serão excelentes anfitriões, e que Portugal continuará a estar na rota dos grandes eventos automobilísticos", sublinhou Ni Amorim

Recorde-se que a primeira vez que o GP Portugal fez parte do Mundial de F1 foi no longínquo ano de 1958, na altura disputado no Circuito Urbano da Boavista, no Porto. A vitória foi para Stirling Moss. Voltou a disputar-se em 1959, desta vez em Lisboa, em Monsanto, e em 1960 voltou às ruas do Porto.

O GP Portugal só voltaria ao calendário em 1984, já no autódromo do Estoril, disputando-se sem interrupções até 1996, ano que teve lugar a 22 de setembro, tendo como vencedor Jacques Villeneuve (Williams), que subiu ao pódio com o seu companheiro de equipa Damon Hill e Michael Schumacher (Ferrari) que ocupou a terceira posição.

O francês Alain Prost e o britânico Nigel Mansel são os pilotos com mais triunfos na prova portuguesa, três, seguidos do também britânico Stirling Moss, com dois.

Jack Brabham, Ayrton Senna, o austríaco Gerhard Berger, o italiano Riccardo Patrese, Michael Schumacher, Damon Hill, Jacques Villeneuve e o britânico David Colthard foram os restantes vencedores do GP de Portugal de F1.

Recorde-se A F1 tinha previsto o arranque da temporada de 2020 a 15 de março, na Austrália, mas a prova foi cancelada devido à pandemia de covid-19.

Ao todo, já foram canceladas ou adiadas 13 das 22 corridas da temporada, mas os responsáveis do campeonato esperam ter um calendário com 15 a 18 corridas até ao fim deste ano.

Calendário atualizado da Fórmula 1:

03 a 05 julho - Grande Prémio da Áustria - Spielberg 

10 a 12 julho - Grande Prémio Steiermark - Spielberg

17 a 19 julho - Grande Prémio da Húngria - Budapest

31 julho a 02 agosto - Grande Prémio de Inglaterra - Silverstone

07 a 09 agosto - Grande Prémio 70 Anos de F1 - Silverstone

14 a 16 de agosto - Grande Prémio de Espanha - Barcelona

28 a 30 de agosto - Grande Prémio da Bélgica - Spa-Francorchamps

04 a 06 setembro - Grande Prémio de Itália - Monza

11 a 13 de setembro - GP Ferrari 1000 - Mugello

25 a 27 de setembro - GP da Rússia - Sochi

9 a 11 de outubro – GP da Alemanha - Nurburgring

23 a 25 de outubro – GP de Portugal – Portimão

31 de outubro a 1 de novembro – GP de Emilia Romagna - Imola

RELACIONADOS

Vettel: “Não cumpri o objetivo de vencer o Mundial com a Ferrari”

Hamilton está “dececionado” com Mario Andretti e Jackie Stewart

F1 anuncia mais duas corridas e Portimão continua à espera

COMPUTADOR DE BORDO

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

Largue o telemóvel: conheça as alterações ao Código da Estrada