GP do Japão: Oliveira em 12.º no passeio em casa do campeão

  • Redação Autoportal
Marc Márquez (Lusa)
Marc Márquez (Lusa)
Marc Márquez venceu a 10.ª corrida da época e a Honda sagrou-se campeã de Construtores

Marc Márquez chegou ao Grande Prémio do Japão de MotoGP como campeão do mundo de 2019 e chegou a casa da Honda para fazer a festa com mais uma vitória na época.

O piloto espanhol obteve o 10.º triunfo em 16 corridas da temporada já realizadas sendo este a quarta consecutiva – e igualando Mick Doohan com 54 na carreira.

A festa da vitória tranquila de Márquez no Circuito de Motegi celebrou também a conquista pela Honda, no seu circuito, do 25.º título de Construtores.

Miguel Oliveira regressou aos pontos terminando no 12.º lugar, apesar de não ter tido uma boa primeira volta.

O piloto português da Tech3 KTM arrancou bem da 16.ª posição que ocupava na grelha de partida, mas acabou por fazer a volta inicial duas poisções abaixo.

Márquez também arrancou bem e segurou a pole position, mas também ele perdeu a liderança por momento para Fabio Quartararo – mas só por momentos para recupera-la logo a seguir.

O espanhol da Honda foi descolando para mais um triunfo tranquilo, com o piloto da SRT Yamaha a conseguir também ele algum conforto no segundo lugar detido até final. O campeão marcava a sua diferença; o estreante francês no MotoGP acabou por se consagrar o melhor ‘rookie’ da época.

Quartararo é também já o segundo melhor piloto com uma Yamaha tendo ultrapassado valentino Rossi (que não terminou devido a uma queda) e pressionando Maverick Viñales na classificação geral – pois, entre os pilotos independentes, Quartararo é também ele o líder.

Numa corrida sem história na luta pelo título, a disputa peo terceiro lugar ocupou a maior parte da emoção – a espaços iniciais com Jack Miller (Ducati) e Franco Morbidelli (SRT) envolvidos; depois, com Andrea Dovizioso (Ducati) a mostrar-se mais forte do que Viñales, que acabou por não conseguir ameaçar o último lugar do pódio conquistado pelo italiano.

Nesta toada morna na frente a caminho do final de época, Miguel Oliveira recuperou de uma má primeira volta para regressar aos pontos terminando no 12.º lugar.

O piloto português arrancou bem do 16.º lugar da grelha, mas acabou por descer ao 18. Lugar logo na primeira volta passando a uma recuperação que o deixou no 12.º lugar final.

Beneficiando apenas da queda de Rossi, Oliveira passou cinco adversários em corrida para somar quatro pontos e subir ao 16.º lugar do Mundial, com 33 pontso, os mesmo do 17.º Andrea Iannone (Aprilia).

O Filme da Corrida

Classificação final do GP do Japão:

Classificação dos Mundiais:

  • TEMAS:
  • MotoGP

  • GP Japão

  • Miguel Oliveira

Veja mais