GP de Macau: Daniel Ticktum vence corrida marcada por grande acidente

  • Redação Autoportal
Daniel Ticktum (Lusa)
Daniel Ticktum (Lusa)

Daniel Ticktum venceu neste domingo a prova de Fórmula 3 do 65.º Grande Prémio de Macau, numa corrida marcada pelo violento acidente sofrido por Sophia Flörsch.

O piloto britânico de 19 anos, que largou da primeira posição da grelha, venceu pela segunda vez consecutiva, com a melhor volta a ser registada com um tempo de 2.10,617 minutos.

Em segundo lugar, ficou o sueco Joel Eriksson a 1.208 segundos do piloto britânico. Sacha Fenestraz, francês de 19 anos, ocupou o último lugar do pódio, numa corrida onde o filho de Michael Schumacher, Mick, de 19 anos, não conseguiu repetir o sucesso alcançado pelo pai em Macau (vitória em 1990) ficando em quinto lugar.

A corrida disputada no icónico Circuito da Guia, traçado citadino de 6,12 quilómetros e considerado um dos mais perigosos do mundo, foi marcada pelo grande acidente da alemã Sophia Floersch, de apenas 17 anos.

Na terceira das 15 voltas, a alemã despistou-se e embateu no carro do japonês Sho Tsuboi, levantando voo e ultrapassando os rails de proteção indo contra uma estrutura na abordagem à curva do Hotel Lisboa. A corrida teve de ser interrompida cerca de uma hora.

De acordo com informações do hospital público Conde São Januário, os dois pilotos, um comissário e dois fotojornalistas ficaram feridos e permaneceram hospitalizados em observação.

Sophia Floersch sofreu uma fratura na coluna, mas encontra-se estável, segundo o relato da agência Lusa.

[Artigo atualizado]

Comentários

Veja mais