WTCR: Tiago Monteiro fecha ronda da Hungria no pódio

  • Redação Autoportal
  • 18 out 2020, 18:30
Tiago Monteiro (Münnich Motorsport)
Tiago Monteiro (Münnich Motorsport)

Piloto português da Honda subiu ao pódio pela primeira vez na temporada

Tiago Monteiro (Honda) alcançou este domingo o segundo lugar na terceira e última corrida da ronda húngara da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR), realizada no Circuito de Hungaroring.

O piloto português, que se tinha qualificado na terceira posição, mas que viria a partir do final da grelha, devido a uma penalização por mudança de motor do seu Honda Civic, terminou a primeira corrida do fim de semana 14.ª posição.

PUB

Na segunda corrida do dia, Monteiro viria a terminar em 10.º, acabando por subir ao pódio na derradeira prova da jornada húngara, terminando 478 milésimos de segundo do vencedor, o argentino Esteban Guerrieri e na frente de Nestor Girolami, também pilotos da Honda.

"Estou muito feliz com esta resultado tanto a nível pessoal como de equipa, já que todo o pódio da corrida 3 estava vestido de Honda. É muito gratificante ver o trabalho de equipa funcionar desta maneira. Acredito que os problemas que tivemos estão nesta fase ultrapassados", sublinhou Tiago Monteiro em comunicado.

PUB

Com estes resultados, o português ascendeu ao 13.º lugar do campeonato, com 61 pontos, quando estão disputadas quatro das seis rondas previstas.

“Partimos agora para Aragão, uma pista que será difícil para nós devido às longas retas e depois para Adria, uma pista mais técnica. O meu foco está em ajudar a equipa a conseguir o título de Pilotos e de Marcas ao mesmo tempo que lutarei pelos melhores resultados possíveis”, concluiu Tiago Monteiro.

Após a ronda da Hungria, o francês Yann Ehrlacher (Lynk & Co) mantém a liderança da Taça do Mundo de Carros de Turismo, com 169 pontos.

PUB
Continuar a ler

COMPUTADOR DE BORDO

Saiba como deve circular em rotundas de forma correta

Fique a saber como são as novas cartas de condução

Descontos nas portagens das ex-Scut de Algarve e Interior vão até aos 55%

VEJA MAIS

MAIS LIDAS